28 de fevereiro de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 24 de janeiro de 2021

Justiça Federal inocenta Cristiano Matheus das acusações do Ministério Público

Justiça Federal inocenta Cristiano Matheus das acusações do Ministério Público

Alagoas, Justiça
A justiça federal inocentou o ex-prefeito de Mareechal Deodoro, Cristiano Matheus, nesta sexta-feira, 22, no processo em que ele foi acusado pelo Ministério Público Federal de improbidade administrativa. O processo é de 2016. Nos  últimos meses de seu segundo mandato na prefeitura de Marechal Deodoro, Cristiano foi denunciado e afastado do cargo, além de ter seus bens bloqueados pela justiça, enquanto o Processo Número 0800267-23.2017.4.05.8000 esteve em tramitação. Matheus agora comemora,  cinco anos depois, a declaração de inocência da  justiça federal. Segundo ele, uma vitória de quem sempre acreditou na justiça brasileira, diante de acusações infundadas. A decisão - De acordo com a decisão do Juiz Federal Titular André Carvalho Monteiro, da 2ª Vara Federal em Alagoas, "não
Gilmar Mendes suspende julgamento de Flávio Bolsonaro no caso de corrupção das rachadinhas

Gilmar Mendes suspende julgamento de Flávio Bolsonaro no caso de corrupção das rachadinhas

Brasil, Justiça
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu um julgamento do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que decidiria nesta segunda-feira, 25, qual instância tem competência para analisar as acusações contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso de corrupção das rachadinhas, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Na decisão, o ministro diz que o Órgão Especial do TJ-RJ deve se abster de "adotar qualquer ato judicial que possa reformar o decidido pela 3ª Câmara Criminal" do Tribunal. Foi esse órgão que determinou, em junho de 2020, que o senador seja julgado pelo Órgão Especial do TJ-RJ, da 2ª instância, e não na 1ª instância da Justiça do Rio. Em nota, a defesa de Flávio disse que ficou sabendo pela imprensa que o caso iria a julgamento
Balsa de Porto de Pedras: um negócio de péssima qualidade para o turismo

Balsa de Porto de Pedras: um negócio de péssima qualidade para o turismo

Blog, Marcelo Firmino
É impressionante que entra governo e sai governo e o município de Porto de Pedras continua com um serviço precário de transporte intermunicipal, fazendo a travessia de veículos para Japaratinga pelo Rio Manguaba, com duas velhas balsas. Neste período, de alta temporada, as costumeiras filas  são quilométricas e o tempo de espera para a travessia chega a 2 horas. Um péssimo serviço para o turismo e, sobretudo, ao usuário. O problema é antigo e tem um apurado cunho político, considerando que as duas balsas  são propriedades de uma família que já administrou também a cidade. Com isso, há mais de 40 anos o negócio funciona. No local, uma pequena ponte entre os dois municípios mudaria por completo a realidade do fluxo  de passageiros na chamada rota ecológica da Costa Dourada alago