28 de fevereiro de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 3 de fevereiro de 2021

Sismógrafos são instalados nesta quinta para monitorar afundamento do solo

Sismógrafos são instalados nesta quinta para monitorar afundamento do solo

Maceió
Cumprindo com o Termo de Cooperação Técnica 2, firmado com a Prefeitura de Maceió, a Braskem deve realizar, a partir da próxima quinta-feira (4), a instalação de seis novos sismógrafos para monitorar o afundamento do solo nos bairros do Pinheiro, Bebedouro, Mutange, Bom Parto e Farol causado pela mineração de sal gema nessas regiões. Atualmente, dez equipamentos semelhantes estão instalados nos bairros e seguem fornecendo dados em tempo real para a Defesa Civil Municipal. Entretanto, esses equipamentos foram instalados na superfície; já os seis novos precisarão ser instalados a 200 metros de profundidade, atendendo à recomendação técnica do órgão municipal. Após a instalação, esses equipamentos serão doados à Defesa Civil Municipal de Maceió, para que sejam integrados à rede de m
Presidente da Alerj quer mudar o nome do Maracanã para homenagear Pelé

Presidente da Alerj quer mudar o nome do Maracanã para homenagear Pelé

Esportes
Inaugurado em 25 de outubro de 1970, o Estádio Rei Pelé, localizado na cidade de Maceió, pode deixar de ser o único estádio de futebol no Brasil a homenagear em nome o rei do Futebol. Isso se for levado em diante o desejo o deputado André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que quer mudar simplesmente o nome do Maracanã para 'Edson Arantes do Nascimento', nome de batismo de Pelé. A intenção de Ceciliano é homenagear o maior atleta do século e dar seu nome ao estádio que Pelé marcou o milésimo gol no Maracanã, em 1969 contra o Vasco. Segundo o jornalista Ancelmo Gois, no site do jornal O Globo, o presidente da Alerj, André Ceciliano, deve apresentar nesta quarta-feira (3) o projeto para que o Maracanã passe a homenagear Pelé.
Jair Bolsonaro diz a apoiadora no cercadinho: ‘Minha vida é um inferno’

Jair Bolsonaro diz a apoiadora no cercadinho: ‘Minha vida é um inferno’

Política
  O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira,02, que 'sua vida é um inferno'. A declaração foi dada a uma apoiadora na entrada do Palácio do Alvorada, após a mesma pedir para tomar um café com ele. "Eu não sei o que eu vou fazer amanhã. Vou ver minha agenda de amanhã. Eu não sei. A minha vida é um inferno", disparou. No último dia 14, o chefe do Executivo também confidenciou a bolsonaristas sobre o desafio de ser presidente da República. "Tem gente que acha que ser presidente, ser governador, prefeito, é para comemorar. Não é para comemorar. É um tempo que você vai passar trabalhando, se você quiser, obviamente, trabalhando para o próximo. Não é fácil", apontou. Pela manhã, mais animado, o presidente Jair Bolsonaro comentou a vitória de seus candidatos
Medo da obstrução dos trabalhos levou Lira a fazer acordo com oposição

Medo da obstrução dos trabalhos levou Lira a fazer acordo com oposição

Política
Com receio da oposição à sua eleição obstruir os trabalhos na Câmara dos Deputados, o presidente da Casa , Arthur Lira (PP-AL), decidiu fazer um acordo com os partidos para a definição dos demais membros da mesa diretora. Se não recuasse no processo de anulação dos blocos partidários, Lira teria de enfrentar obstruções de 10 partidos e quase 200 parlamentares. Ainda assim assim, as posições de maior importância, depois da dele, ficarão com legendas que deram respaldo à candidatura do líder do Centrão. Pelo consenso firmado ontem, a primeira vice-presidência da Câmara será do PL, enquanto a segunda vice-presidência ficará com o PSD. As quatro secretarias da Câmara serão, na sequência, de PSL, PT, PSB e Republicanos. Por fim, as quatro suplências ficarão, na ordem, com PDT, DEM,