25 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 2 de maio de 2021

Vice-presidente Mourão usa escolta de 50 seguranças e cães farejadores em visita à Band

Vice-presidente Mourão usa escolta de 50 seguranças e cães farejadores em visita à Band

Brasil
A escolta do vice-presidente Hamilton Mourão em visita à TV Bandeirantes, na quarta-feira (28), repercutiu mal na emissora. O vice de Jair Bolsonaro levou ao local uma equipe de cerca de 50 seguranças, cães farejadores e detectores de metais. A informação é do Painel, da Folha de S.Paulo. Além disso, as vistorias do local tiveram início com dois dias de antecedência, na segunda-feira (26). O espanto com a comitiva foi tamanho que virou tema de uma reunião interna entre diretores da Band. O uso de uma equipe ostensiva de segurança como a de Mourão não é algo comum em visitas de chefes de Estado à emissora. Em entrevista à TV, o vice-presidente disse que pretende ser candidato a senador nas próximas eleições e que não deve integrar a chapa de Bolsonaro para a reeleição.
Crime da Braskem: das memórias afetivas ao ‘cheiro do sangue’ registrado nas paredes

Crime da Braskem: das memórias afetivas ao ‘cheiro do sangue’ registrado nas paredes

Maceió
  Sabe bem da dor e da tristeza profunda quem viveu lá. No Pinheiro, no Bom Parto, no Mutange e em Bebedouro. Eles sabem e exprimem suas indignações e mágoas com o monstruoso crime praticado pela Braskem nesses bairros. Nessas áreas, no cenário desolador que apresentam há de tudo. Menos vida. E tudo registrado nas paredes das casas e de prédios em ruínas. Lá estão as lembranças, memórias de décadas vividas pelas famílias, saudades e a raiva incontida com o descaso. Na parede a seguir, a foto diz bem do sentimento melancólico: Não era para ser assim Na era. Mas foi assim. O crime da Braskem mineradora aconteceu, está impune e as autoridades parecem não se dar conta do vazio que ficou nas vidas de milhares de pessoas, de famílias que, mais que o patrimônio, perder
Mais 4.600 doses de CoronaVac chegam a Alagoas para a 2ª dose que foi interrompida

Mais 4.600 doses de CoronaVac chegam a Alagoas para a 2ª dose que foi interrompida

Alagoas
A chegada neste sábado, 1º de maio,  de mais 4.600 doses da vacina chinesa - CoronaVac - a Alagoas foi anunciada pelo governo do Estado aos gestores municipais. As vacinas serão repassadas já a partir deste domingo, 2, para tentar suprir o programa de vacinação da segunda dose dos mais de 60 que foi interrompida por falta do imunizante. O Estado esperava um lote com muito mais vacinas, mas a distribuição do governo federal continua lenta, exatamente por não dispor de vacinas para todos. Embora, no último dia 29, o Ministério da Saúde tenha liberado mais 66.900 doses de Astrazeneca e também CoronaVac, lotes que foram cadastrados e encaminhados aos municípios alagoanos. Agora, a expectativa do governo estadual é receber o imunizante da Pfizer que deverão ser liberados p
Publicitário de 30 anos morre de Covid-19 no dia em que iria se casar

Publicitário de 30 anos morre de Covid-19 no dia em que iria se casar

Brasil
A COVID-19 tirou a vida de Bruno Silva, de apenas 30 anos, no dia em que ele realizaria seu maior sonho: o casamento com a noiva Beatriz Miranda. De acordo com Beatriz, todos da família contraíram o novo coronavírus, mas apenas Bruno teve seu quadro clínico complicado. Ele chegou a ter 85% do pulmão comprometido pela infecção.  Publicitário, Bruno Silva trabalhou em regime de teletrabalho quando soube que estava infectado. Porém, em 30 de março, ele procurou a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Assis com dores no corpo e falta de ar. No dia seguinte, os profissionais de saúde encaminharam Bruno para o Hospital Regional de Assis. Uma tomografia constatou 50% do pulmão já comprometido, um estado grave da doença. O publicitário ficou 10 dias na enfermaria da unidade de saúde. Depois