24 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Dia: 30 de junho de 2021

Servidor que Bolsonaro queria dirigindo a Avisa é exonerado da Saúde após denúncias de propina

Servidor que Bolsonaro queria dirigindo a Avisa é exonerado da Saúde após denúncias de propina

Brasil, Expresso
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidiu exonerar o diretor de Logística da pasta, Roberto Ferreira Dias após a denúncia de cobrança propina de um representante da AstraZeneca. A exoneração foi confirmada em nota pelo ministério. A medida será publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União. Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Sua nomeação ocorreu em 8 de janeiro de 2019, na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM). Barros, claro, quis se esquivar: https://twitter.com/RicardoBarrosPP/status/1410033302208122884 O presidente Jair Bolsonaro tentou indicar o mesmo Roberto Ferreira Dias para o cargo de diretor da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em outubro de 2
Sikêra Jr. pede desculpas após perder patrocinadores e sentir no bolso: ‘me excedi’

Sikêra Jr. pede desculpas após perder patrocinadores e sentir no bolso: ‘me excedi’

Brasil, Vídeos
Na noite desta terça (30), após perder milhares de reais em patrocinadores, Sikêra Jr, apresentadora RedeTV resolveu pedir desculpas. Sentindo no bolso, ele reconheceu que "se excedeu". Na sexta-feira (25), ele criticou uma propaganda da Burger King, que apresentava casais de gays e lésbicas com filhos. "Raça desgraçada", disse ele na oportunidade. Isso fez o movimento "Sleeping Gigants Brasil" realiza uma série de mobilizações nas redes sociais questionando empresas que apoiam o programa Alerta Amazonas, que ele apresenta. Leia mais: CPI prova que Sikêra Jr. recebeu do governo Bolsonaro R$ 120 mil em cachê Retiraram patrocínios e pontuaram não concordar com os ataques feitos por Sikêra e a omissão da Rede/TV diante dos fatos recorrentes: Hapvida, TIM, MRV, Magazine Luiza, Kic
Irmão morre de Covid-19 e Valdemiro Santiago diz que vai se vacinar

Irmão morre de Covid-19 e Valdemiro Santiago diz que vai se vacinar

Brasil
Foi preciso perder o irmão para o pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, afirmar que vai se vacinar. Mas nem a morte de Vanderley Santiago, morto aos 53 anos, foi o suficiente para ele mudar sua opinião. "Não que eu confie na vacina, só confio em Deus. Até porque eu devo obediência também, não é"? Valdemiro Santiago, ao portal ACidadeON São Carlos. Valdemiro é o mesmo que vendia feijões mágicos como cura da Covid-19. Ele chegava a cobrar até mesmo mil reais pelos mesmo. A pratica danosa do pastor chegou a ser alvo na Justiça, que chegou a obrigá-lo a dizer que os feijões não faziam nada contra a doença. Como no caso de seu irmão. Aguardando UTI Vanderley Santiago de Oliveira, 53, morreu de covid-19 na tarde de segunda (28), no município de São
Governo Federal cobrou US$ 1 dólar de propina por cada dose de vacina comprada

Governo Federal cobrou US$ 1 dólar de propina por cada dose de vacina comprada

Brasil
O representante da empresa de vacinas Davati Medical Supply, Luiz Paulo Dominguetti Pereira, afirmou que recebeu pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de fechar contrato com o Ministério da Saúde. A denúncia de corrupção atinge em cheio o governo de Jair Bolsonaro. A informação foi revelada à repórter Constança Rezende, do jornal Folha de S. Paulo. A proposta teria partido do diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, durante um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro. Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Sua nomeação ocorreu em 8 de janeiro de 2019, na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM). A