28 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Mês: agosto 2021

Prepare o bolso: Aneel anuncia nova tarifa e energia vai ficar mais cara

Prepare o bolso: Aneel anuncia nova tarifa e energia vai ficar mais cara

Economia
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou a criação de uma nova bandeira para a conta de luz. A bandeira de escassez hídrica vem com valor de R$ 14,20 por 100 kWh e já passa a ser aplicada à conta de luz. A bandeira ficará em vigor até 30 de abril de 2022. O novo valor é R$ 4,71 ou 49,6% maior que a atual bandeira vermelha patamar 2 (de R$ 9,49 por 100 kWh), que estava sendo aplicada à conta de luz. No final de junho, o valor da bandeira vermelha patamar 2 já havia subido 52%. As bandeiras tarifárias são independentes da tarifa de energia, e acrescentadas ao valor da conta dependendo das condições de geração de energia no setor elétrico. Quando o cenário é favorável, não há acréscimo (bandeira verde). A bandeira amarela indica cenário menos favorável, enquanto as
Familiares de presos protestam fechando vias em Maceió contra suspensão de visitas

Familiares de presos protestam fechando vias em Maceió contra suspensão de visitas

Maceió
Familiares de presos fecharam várias vias em Maceió, na tarde desta terça (31) em protesto pela retomada de visitas e entrega de feiras no Sistema Prisional. Estas, foram suspensas desde segunda (30), após o início de mais uma paralisação dos policiais penais. Além do retorno das visitas, manifestantes também cobraram divulgação de um calendário extra para visitas e entrega de alimentos no complexo penitenciário. Mães e esposas de presos antes participaram de uma reunião, na Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), quando depois saíram em protesto. Tomando rumo até a Fernandes Lima, interditaram várias ruas até chegarem à mais importante Avenida do capital. De lá, partiram em direção ao Palácio República dos Palmares, no Centro, bloqueando a Ladei
Alagoas registra a terceira maior redução do país na taxa de homicídios entre 2014 e 2019

Alagoas registra a terceira maior redução do país na taxa de homicídios entre 2014 e 2019

Alagoas
O estado de Alagoas registrou uma queda de 46,8% na taxa de homicídios por grupo de cem mil habitantes entre os anos de 2014 e 2019, o que representa a terceira maior redução entre todos os estados brasileiros. Os dados fazem parte do Atlas da Violência 2021, divulgado nesta terça-feira (31) pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o relatório, Alagoas ficou atrás apenas dos estados do Ceará e de São Paulo, que apresentaram redução de 49,4% e 47,9%, respectivamente. Na década entre 2009 e 2019, o estado aparece com a quinta maior redução do país, com uma queda de 43,7%. Ainda de acordo com os números do Atlas, a redução na taxa de homicídios em Alagoas começa notadamente a partir de 2015, quando ela passou
Renan Calheiros e líder do governo Bolsonaro trocam ofensas: “comandante de roubalheira”

Renan Calheiros e líder do governo Bolsonaro trocam ofensas: “comandante de roubalheira”

Política
Relator da CPI da Covid, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) atacou hoje o líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), ao afirmar que ele é comandante de um "dos maiores esquemas de roubalheiras" e que merece ser "exemplarmente punido". O relator da CPI e o líder do governo iniciaram uma guerra recentemente, com Barros acusando Renan de vazar dados de sua quebra de sigilo. Barros virou neste mês investigado formal da comissão, deixando a condição de testemunha. "Nós estamos avaliando que o deputado Ricardo Barros é o comandante de um dos maiores esquemas de roubalheira que assaltou, entre outros órgãos públicos, o Ministério da Saúde. Isso está tudo evidentemente comprovado. O papel do Ricardo Barros, líder do governo, na vida nacional é um papel lamentáve
Vago, Bolsonaro diz haver “oportunidade” para o povo em 7 de setembro

Vago, Bolsonaro diz haver “oportunidade” para o povo em 7 de setembro

Política
A cada dia, piora a crise institucional entre os Poderes por causa dos discursos de cunho autoritários do presidente Jair Bolsonaro. E isso teve mais um capítulo, com o presidente afirmando haver uma "oportunidade" inédita para a população nos atos do próximo dia 7 de Setembro. Ele, entretanto, foi vago em suas declarações e não deu detalhes sobre qual seria essa oportunidade e o que exatamente deveria ser feito no feriado. Isso se comparado quando ele disse que feijão é coisa para idiota e que o brasileiro deveria era comprar fuzil, como na semana passada: “A vida se faz de desafios. Sem desafios a vida não tem graça. As oportunidades aparecem. Nunca outra oportunidade para o povo brasileiro foi tão importante ou será importante quanto esse nosso próximo 7 de Setembro”. Jair Bolso
Sem aumento real, Governo propõe salário mínimo de R$ 1.169 em 2022

Sem aumento real, Governo propõe salário mínimo de R$ 1.169 em 2022

Economia
O governo federal encaminhou ao Congresso, nesta terça-feira (31), o PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) de 2022. O texto prevê que o salário mínimo passe dos atuais R$ 1.100 para R$ 1.169, uma alta de 6,27%. Para a correção, o governo considera que o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) deve ficar em 6,2% em 2022. Ou seja, a projeção para o reajuste do mínimo repõe apenas a inflação, sem aumento real. A correção prevista no PLOA é maior do que a inicialmente estimada pelo governo na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2022. No texto, que é a base do Orçamento do governo federal, a previsão era de que o salário mínimo tivesse reajuste de 4,3%, passando para R$ 1.147. A diferença entre a projeção da LDO e do PLOA ocorre porque o governo define o valor da cor
JHC anuncia reposição inflacionária de 3% a todos os servidores de Maceió

JHC anuncia reposição inflacionária de 3% a todos os servidores de Maceió

Expresso, Maceió
Em suas redes sociais, na tarde desta terça-feira (31), o prefeito de Maceió, JHC, anunciou a reposição inflacionária de 3% a todos os servidores de Maceió, a partir de outubro. https://twitter.com/JHC_40/status/1432765304124420101 Ele ainda confirmou a autorização da implantação de progressões referentes aos biênios 2015/17 e 2016/18.
OAB realiza desagravo público em favor da advogada Maricélia Schlemper

OAB realiza desagravo público em favor da advogada Maricélia Schlemper

Política
A advocacia alagoana se uniu em defesa das prerrogativas no Desagravo Público em favor da advogada Maricélia Schlemper, na segunda-feira (30), em frente ao Fórum do Barro Duro, em Maceió. Promovido pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), após proposição protocolada pela Seccional Alagoana, o ato foi marcado por falas em defesa do exercício da advocacia, além de homenagens a José Benedito Carvalho, esposo de Maricélia e vítima do atentado em março deste ano. Durante fala emocionada durante o ato, a advogada Maricélia Schlemper agradeceu à OAB Alagoas, os amigos e amigas da advocacia e aos alunos por todo o suporte desde o ocorrido. “Agradeço aos meus colegas de profissão, ao Dr. Alberto Maia, à Dra. Cristiana, à professora Claudinha, sem sombra de dúvidas.
Lira articula PEC que amplia idade de indicados ao STF e beneficia Humberto Martins

Lira articula PEC que amplia idade de indicados ao STF e beneficia Humberto Martins

Política
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) tenta emplacar uma PEC (proposta de emenda à Constituição) que muda de 65 para 70 anos a idade máxima para indicação de ministro do STF (Supremo Tribunal Federal). Ele está à frente da articulação que amplia a idade máxima também dos ministros do TCU (Tribunal de Contas da União), do STJ (Superior Tribunal de Justiça), do TST (Tribunal Superior do Trabalho) e juízes dos TRFs (Tribunais Regionais Federais) e TRTs (Tribunais Regionais do Trabalho). A PEC diz se tratar de um ajuste cujo objetivo para compensar o aumento da aposentadoria compulsória dos ministros do STF, tribunais superiores e do TCU de 70 para 75 anos. A mudança está em emenda constitucional promulgada em 2015. Leia mais: Flávio Bolsonaro quer o alagoano Hum
Cartão Bem Legal ganha novos totens de recarga no Benedito Bentes e no Jardim Petrópolis

Cartão Bem Legal ganha novos totens de recarga no Benedito Bentes e no Jardim Petrópolis

Expresso, Maceió
O sistema de bilhetagem eletrônica de Maceió ganhou mais dois totens de autoatendimento para recarga neste mês de agosto. Desta vez, a rede de supermercados São Domingos, que conta com unidades nos bairros Benedito Bentes e Jardim Petrópolis, recebeu os equipamentos, ampliando a conveniência e a praticidade para os passageiros. Agora, o Cartão Bem Legal já conta com cinco novos pontos de autoatendimento, sendo dois nos shoppings Parque e Maceió e um no Terminal Rodoviário da capital, todos implantados pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb), em conformidade com as orientações feitas pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) para a ampliação dos locais de recarga. A rede de atendimento ainda conta com seis pontos fí