28 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Mês: setembro 2021

Investigado na CPI financiou instituto que negociou vacinas, mas disse não participar da sua gestão

Investigado na CPI financiou instituto que negociou vacinas, mas disse não participar da sua gestão

Política
Ao depor à CPI da Pandemia, nesta quinta-feira (30), o empresário Otávio Oscar Fakhoury, vice-presidente do Instituto Força Brasil (IFB), informou aos senadores que financiou a entidade, exerce o cargo de direção simbólica, mas não participa, nem tem responsabilidade sobre os atos de gestão. Conforme investigação da Comissão de Inquérito, o IFB tentou intermediar a negociação de vacinas contra covid-19 entre a empresa Davati e o Ministério da Saúde. O presidente do IFB, tenente-coronel Hélcio Bruno, já foi ouvido pela CPI. Fakhoury informou que eles são amigos e que parou de ajudar o Instituto, em junho ou julho deste ano, e que está avaliando a possibilidade de mudança da diretoria ou mesmo de extinção ou de suspensão das atividades. A informação chamou atenção do senador Randol
Bolsa cai 6,57% em setembro e tem pior mês desde março de 2020

Bolsa cai 6,57% em setembro e tem pior mês desde março de 2020

Economia
Em mais um dia de instabilidade no mercado financeiro, a bolsa de valores caiu após subir durante a maior parte do pregão. O dólar iniciou o dia em baixa, mas fechou com pequena alta, após o Banco Central intervir no câmbio e impedir que a cotação ultrapassasse R$ 5,50. O índice Ibovespa, da B3, fechou esta quinta-feira (30) aos 110.979 pontos, com queda de 0,11%. O indicador chegou a subir 1,14% na máxima do dia, por volta das 12h30, mas reverteu o movimento durante a tarde e passou a cair, com o agravamento das incertezas econômicas no Brasil e a queda na bolsa norte-americana. O Ibovespa encerrou setembro com queda de 6,57%. Esse foi o pior mês para a bolsa desde março de 2020, no início da pandemia da covid-19. Em 2021, o indicador acumula baixa de 6,75%. O mercado de câmb
Confiança do empresário do Comércio de Maceió volta a patamares pré-pandemia

Confiança do empresário do Comércio de Maceió volta a patamares pré-pandemia

Maceió
Diante do avanço da campanha de vacinação e da flexibilização das restrições de abertura e funcionamento, o empresário do Comércio de Maceió tem se mostrado cada vez mais otimista com as perspectivas de futuro. É o que demonstra o Índice de Confiança do Comércio (ICEC) de setembro, em pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio Alagoas, em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Este mês, o índice atingiu a marca de 129,3 pontos, a melhor do ano e, ainda, o segundo maior registro dos últimos 24 meses, ficando abaixo apenas do patamar alcançado em janeiro de 2020, quando o indicador ficou com 130,5 pontos. Em comparação com setembro do ano passado (103,2 pontos), a confiança do empresário cresceu 25,29%. Em relação a agosto (120,4 po
Renan Filho anuncia intervalo de 8 semanas entre 1ª e 2ª doses da Pfizer

Renan Filho anuncia intervalo de 8 semanas entre 1ª e 2ª doses da Pfizer

Alagoas, Expresso
Em seu perfil nas redes sociais, o governador de Alagoas, Renan Filho informou na noite deste quinta (30) que foi reduzido para 8 semanas o intervalo entre as duas doses da vacina da Pfizer. Agora, o Alagoano que já passou deste período após a imunização com a segunda dose, deve ir aos postos de vacinação para receber sua dose antecipada. O agendamento, no entanto, é responsabilidade de cada prefeitura municipal, que deve anunciar quando isto deverá ser feito: https://twitter.com/RenanFilho_/status/1443705023255482371 Renan Filho também incluiu os profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos para a dose de reforço, 3ª dose, da vacina contra Covid-19. Antes, apenas maiores de 70 estavam com liberação para mais uma dose.
Vídeo: Bolsonaro é vaiado e chamado de genocida e vagabundo durante discurso em BH

Vídeo: Bolsonaro é vaiado e chamado de genocida e vagabundo durante discurso em BH

Vídeos
Em passagem nesta quinta-feira (30) em Belo Horizonte (MG), o presidente Jair Bolsonaro discursava em cerimônia do projeto para as obras do metrô. A viagem faz parte da comemoração de seu 1000 dias de governo, que contou também com uma pose ao lado de uma criança vestida de policial militar segurando um rifle de brinquedo. O presidente então tomou o rifle das mãos do menino e o exibiu, como se atirasse para o alto. Foi então saudado aos gritos de ‘mito’. "Assim foi criada a minha geração e crescemos homens fortes, sadios e respeitadores. Meu cumprimento aos pais desse garoto por estarememprestando o moleque pra dar um exemplo aqui de civilidade e patriotismo e de respeito”. Jair Bolsonaro. A alegria plena dele, de posar com um rifle de brinquedo ao lado de uma criança, foi int
CLP: Alagoas é o estado do Brasil que mais cresceu nos últimos 5 anos

CLP: Alagoas é o estado do Brasil que mais cresceu nos últimos 5 anos

Alagoas
Secretário de Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos, no momento em que recebe o prêmio, em São Paulo: Foto: Márcio Ferreira Consolidando uma série de avanços nos últimos anos, Alagoas venceu, nesta quinta-feira (30), o prêmio de Destaque Crescimento na 10ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados. A premiação, entregue em São Paulo, pelo Centro de Liderança Pública (CLP), mostra que o que o Estado subiu duas posições em 2021 e foi o que mais avançou no posicionamento geral do ranking ao longo dos últimos anos. Para se ter uma noção dessa trajetória, no ano de 2016, Alagoas ocupava o último lugar entre os estados do Brasil. Hoje, figura na 13º posição, subindo dois postos em relação ao ano passado e sendo mais bem avaliado que a média nacional. Entre 16 estados do Norte e
Rede Estadual registra crescimento de mais de 7.400 matrículas no Ensino Médio em 2021

Rede Estadual registra crescimento de mais de 7.400 matrículas no Ensino Médio em 2021

Alagoas
Foto: Jonathan Lins A rede estadual de ensino de Alagoas registrou crescimento de mais de 7.400 matrículas no ensino médio em 2021. A informação é proveniente dos dados preliminares da primeira etapa do Censo Escolar 2021 divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no último dia 22. De acordo com os dados divulgados pelo levantamento, a rede estadual alagoana passou de 93.040 estudantes matriculados na modalidade em 2020 para 100.467 em 2021, acréscimo equivalente a 8%. Ainda no ensino médio, quando se analisa o quantitativo de matrículas de alunos com deficiência, o crescimento é de 34,4%, passando de 1.560 em 2020 para 2.097 em 2021. “Esse resultado mostra a confiança da população alagoana na rede estadual de ensino que, mesmo fren
Aziz anuncia reta final de CPI e marca votação de relatório para 20 de outubro

Aziz anuncia reta final de CPI e marca votação de relatório para 20 de outubro

Política
O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), anunciou hoje que a votação do relatório do colegiado, a ser entregue por Renan Calheiros (MDB-AL), deve ocorrer em 20 de outubro. A expectativa é que o texto seja lido na comissão no dia anterior. O novo cronograma foi anunciado hoje pouco antes da abertura da audiência para ouvir o depoimento do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury, suspeito de financiar o compartilhamento de fake news em blogs, sites e redes sociais. Ele também é apontado como integrante do chamado gabinete paralelo, estrutura de assessoramento informal ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), um dos objetos de apuração da CPI. Aziz afirmou que a próxima semana deve ser a última de diligências. A cúpula do Comissão Parlamentar de Inquérito quer ouvir o
CPI ouve empresário Otávio Fakhoury, apontado como financiador de fake news

CPI ouve empresário Otávio Fakhoury, apontado como financiador de fake news

Política
A CPI da Pandemia ouve na próxima quinta-feira (30) o empresário Otávio Oscar Fakhoury. O pedido de convocação foi apresentado pelo vice-presidente da Comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e aprovado pelos parlamentares nesta terça-feira (28). Segundo Randolfe Rodrigues, Otávio Fakhoury “foi identificado como o maior financiador de disseminação de notícias falsas". O parlamentar cita como exemplo os canais Instituto Força Brasil, Terça Livre e Brasil Paralelo. “Esses canais estimularam o uso de tratamento precoce sem eficácia comprovada, aglomeração e diversas outras fake news sobre a pandemia”, justifica o autor do requerimento. Fakhoury entrou na mira da CPI em agosto, quando os senadores aprovaram a quebra dos sigilos bancário, telefônico, telemático, desde abril
Senado aprova projeto de nova lei de improbidade, que volta à Câmarao

Senado aprova projeto de nova lei de improbidade, que volta à Câmarao

Política
O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (29) o projeto da nova lei de improbidade administrativa (PL 2.505/2021). Entre as mudanças em relação à legislação atual (Lei 8.429, de 1992), o projeto determina que atos de agentes públicos só podem ser configurados como improbidade quando houver comprovação de dolo. A matéria volta à Câmara dos Deputados para nova análise. Antes de ser votado em Plenário, o projeto passou na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) na manhã desta quarta-feira. A CCJ aprovou a maior parte do texto que havia sido enviado pela Câmara dos Deputados. Relator da matéria, o senador Weverton (PDT-MA) incorporou algumas emendas, que agora precisaram ser analisadas pelos deputados federais (ver abaixo, em "Conteúdo"). Discordância Após vários senador