17 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 8 de setembro de 2021

Bolsonaro quer o seu próprio Alcorão para  a ânsia totalitária

Bolsonaro quer o seu próprio Alcorão para a ânsia totalitária

Blog, Marcelo Firmino
"Ou se enquadra ou pede para sair". A ameaça do presidente Jair Bolsonaro aos ministros do STF certamente dará muitos panos para as mangas neste day after. Dizer que não cumprirá mais nenhuma sentença de um ministro da suprema corte por que ele não se enquadrou é, sem dúvida nenhuma, a ânsia totalitária movida pela histeria dos ignorantes. Enquadrar magistrado por que a sentença dada não lhe favorece? Não aceitar o exercício do contraditório? Não tolerar a opinião divergente? É instituir o seu próprio Alcorão para conduzir um governo. Pelos pronunciamentos que fez ontem, em Brasília e São Paulo, o senhor Jair Bolsonaro deu uma clara demonstração de que não aceita ser contrariado em nada e que a democracia para ele não significa coisa alguma. O tom adotado colocou em cheque
Senadores repercutem discursos de Bolsonaro no Dia da Independência em Brasília e em São Paulo

Senadores repercutem discursos de Bolsonaro no Dia da Independência em Brasília e em São Paulo

Política
A participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, em manifestações políticas, em Brasília e em São Paulo, nesta terça-feira (7), nas comemorações do Dia da Independência, gerou opiniões divergentes entre os senadores. Os comentários variaram do apoio ao governo até o pedido de impeachment. Em dois discursos, pela manhã na Esplanada dos Ministérios, na capital federal, e à tarde na Avenida Paulista, o presidente voltou a questionar a confiabilidade das eleições em urnas eletrônicas e afirmou que não vai obedecer determinações judiciais do ministro do STF Alexandre de Moraes. A defesa do impeachment de Bolsonaro foi feita pelo líder da Minoria, senador Jean Paul Prates (PT-RN) e pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Vieira apresentou a justificativa para o impeach
Número de faltosos para 2ª dose da vacina contra a Covid-19 cai em Maceió

Número de faltosos para 2ª dose da vacina contra a Covid-19 cai em Maceió

Maceió
O número de pessoas em atraso para tomar a segunda dose das vacinas contra a Covid-19 caiu esta semana em Maceió, na comparação com o último levantamento, feito na semana passada. A análise semanal aponta que 31.673 ainda não compareceram para tomar a segunda dose na data marcada no cartão de vacinação. Embora a quantidade ainda seja elevada, análise anterior, divulgada no último dia 2, apontava 34.108 faltosos, ou seja do total de pessoas que estavam com o calendário atrasado, 2.435 atualizaram seu cartão de vacinação. A redução é resultante das ações de sensibilização promovidas pela Prefeitura de Maceió por meio de campanha nos meios de comunicação, incentivo à vacinação de trabalhadores do setor produtivo e antecipação da aplicação da segunda dose das vacinas Astrazeneca e Pf
Hospitais de Alagoas zeram atendimentos covid-19 e passam a atender outras doenças

Hospitais de Alagoas zeram atendimentos covid-19 e passam a atender outras doenças

Alagoas
Após mais de um ano recebendo pacientes para o tratamento da Covid-19, o Hospital Geral do Estado (HGE), Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), ambos em Maceió, o Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo, e o Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares, viraram a chave e começaram a receber alagoanos com outras doenças. Apenas o Hospital da Mulher (HM), em Maceió, e o Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), em Delmiro Gouveia, continuam com atendimento voltado, apenas, para usuários com sintomas do novo coronavírus. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, a mudança dos perfis dos hospitais se deve ao avanço da vacinação em Alagoas. “Os nossos hospitais zeraram o atendimento de pacientes com o novo coronavírus e já estão recebendo pac
Todos os maceioenses de 15 anos já podem se vacinar nos postos e drive-thrus

Todos os maceioenses de 15 anos já podem se vacinar nos postos e drive-thrus

Maceió
A primeira dose da vacina contra a Covid-19 estará disponível nesta quarta-feira (8) para os adolescentes de 15 anos com iniciais de H a Z e remanescentes, em todos os pontos de vacinação. A população de 12 a 17 anos com comorbidades ou com deficiência, além de grávidas e puérperas com apresentação de prescrição médica, também pode se vacinar em qualquer ponto. Adolescentes de 12 a 17 anos privados de liberdade recebem vacina nas instituições em que se encontram. https://twitter.com/JHC_40/status/1435559288030826499 Os pontos localizados na Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), Papódromo (Vergel), Terminal do Osman Loureiro e Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho) funcionarão no horário das 9h às 16h. Já os drive-thrus de Jaraguá e Serraria e os shoppings Pátio (Cidade Universi
Aliado de Bolsonaro, Arthur Lira fica calado e sumido durante atos golpistas

Aliado de Bolsonaro, Arthur Lira fica calado e sumido durante atos golpistas

Política
Líder do centrão, o deputado federal Arthur Lira (PP-AL), passou o feriadão da Independência em sua casa, em Maceió. Dando uma de sumido e sem se manifestar de forma oficial, ele não abriu o bico nem mesmo no Twitter para falar sobre os delírios golpistas de seu presidente, Jair Bolsonaro. Arthur Lira foi eleito presidente da Câmera graças a uma intensa participação do governo Bolsonaro no pleito. O presidente Jair, ministros e aliados garantiram mundos e fundos para colocar um aliado presidindo o Congresso e não repetir o que aconteceu com Rodrigo Maia (DEM-RJ) - que hoje, abertamente, chama Bolsonaro de gay. Desde então, Lira trabalhou para aprovar pautas governamentais, por mais espinhosas que elas fossem, foi aos poucos colocando seus aliados em diversos cargos, principalment
Tios do Zap não comparecem em peso, mas Bolsonaro precisa ser punido antes que números cresçam

Tios do Zap não comparecem em peso, mas Bolsonaro precisa ser punido antes que números cresçam

Política
O presidente Jair Bolsonaro apelou para o tudo ou nada. Rodeado por acusações em seu governo, núcleo familiar e, claro, contra ele mesmo, Jair usou o 7 de Setembro para usar seus seguidores fanáticos, a massa de manobra Bolsonarista, para que ele pudesse mostrar ao mundo o número de brasileiros que o apoia. Leia mais: Áudios de “bolsonaristas pais de família” falam em Guerra Civil e fuzilar STF e comunistas Mas se a proposta era colocar milhões de brasileiros "patriotas", "pais de família" e conservadores com ódio virulento contra o STF e Congresso, Bolsonaro falhou. O ato a favor ao presidente que desafiou explicitamente o STF reuniu 125 mil pessoas na avenida Paulista, segundo cálculo da Secretaria da Segurança de São Paulo. Bem abaixo do estimado pelos próprios organizadore
Covid-19 terá novas mutações e deve ser permanente como vírus da gripe, diz OMS

Covid-19 terá novas mutações e deve ser permanente como vírus da gripe, diz OMS

Mundo
Original de Rich Mendez, da MCNBC. A Covid-19 provavelmente “ veio para ficar”, já que o vírus continua a sofrer mutações em países não vacinados em todo o mundo e as esperanças anteriores de erradicá-lo diminuem a cada dia, disseram autoridades globais de saúde nesta terça-feira (7). “Acho que esse vírus veio para ficar conosco e vai evoluir como os vírus da pandemia de influenza, vai evoluir para se tornar um dos outros vírus que nos afetam”. Dr. Mike Ryan, diretor executivo do Programa de Emergências de Saúde da OMS (Organização Mundial de Saúde). Funcionários da OMS disseram anteriormente que as vacinas não garantem que o mundo erradique o Covid-19 como se ele tivesse outros vírus. Importantes especialistas em saúde, incluindo o consultor médico chefe da Casa Branca, Dr. An
Segundo maior país católico do mundo, México descriminaliza o aborto

Segundo maior país católico do mundo, México descriminaliza o aborto

Mundo
Original de Mary Beth Sheridan e Alejandra Ibarra Chaoul, do Washington Post A suprema corte do México votou na terça-feira a descriminalização do aborto, um passo notável em um país com uma das maiores populações católicas do mundo e uma decisão que contrasta com as restrições mais rígidas introduzidas na fronteira do Texas. Dez juízes da Suprema Corte consideraram inconstitucional uma lei no norte do estado de Coahuila que impôs até três anos de prisão para mulheres que realizaram abortos ilegais ou pessoas que as ajudaram. O 11º juiz estava ausente durante a votação. A decisão é vinculativa para outros estados. “Hoje é um divisor de águas na história dos direitos das mulheres e das mulheres grávidas, sobretudo das mais vulneráveis". Arturo Zaldívar, presidente do tribunal. A