22 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade

Dia: 18 de dezembro de 2021

PIB alagoano: Agropecuária é o setor que mais cresce no Estado

PIB alagoano: Agropecuária é o setor que mais cresce no Estado

Alagoas
Por Letícia Pascoalino Nesta sexta-feira (17), o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios alagoanos, referente ao ano de 2019. De acordo com os dados apresentados, o PIB do Estado de Alagoas apresentou um valor corrente de R$ 58,964 bilhões, com variação real de 1,95% em relação ao ano anterior. Para o secretário de Estado de Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques Santos, estas informações são importantes para auxiliar na tomada de decisões e na formulação de políticas públicas. “Esses dados são fundamentais para entendermos a evolução da economia de cada
Câmara de Maceió é o primeiro poder a pagar folha de dezembro e 13º salário este ano

Câmara de Maceió é o primeiro poder a pagar folha de dezembro e 13º salário este ano

Maceió
O servidor da Câmara de Maceió e os demais colaboradores de cargos comissionados foram surpreendidos com a boa notícia da liberação do pagamento do mês e, ainda, no caso dos cargos comissionados do 13° salário. O anúncio foi feito no final da manhã desta sexta-feira, 17, pelo presidente Galba Netto (MDB) que autorizou a operação financeira para que os recursos sejam repassados para a conta de todos. Com isso é o primeiro poder do Estado a quitar suas obrigações com pessoal duas semanas antes do final do ano. "Estamos conseguindo quitar todas as obrigações neste dia 17 duas semanas antes do final do ano. Isso foi um desafio por conta de todas as dificuldades financeiras que enfrentamos no início da nossa gestão, o que gerou muitos desafios com contenção de despesas. Vale r
Ministro de Bolsonaro no STF, Mendonça vai julgar 3 ações contra ele

Ministro de Bolsonaro no STF, Mendonça vai julgar 3 ações contra ele

Brasil
A estreia de André Mendonça no Supremo Tribunal Federal (STF) foi sorteada nesta sexta-feira (17/12). Ele será relator da notícia-crime, apresentada por Randolfe Rodrigues (Rede-AP), contra o presidente Jair Bolsonaro por prevaricação e advocacia administrativa. A ação foi movida após o presidente da República anunciar que mandou "ripar" servidores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) ao receber a informação de paralisação na obra da Havan, do empresário bolsonarista Luciano Hang, mais conhecido como o "Véio da Havan" Em seguida à declaração, Larissa Rodrigues Peixoto Dutra foi retirada da presidência do órgão pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) foi o autor da ação de afas
Paulo Guedes diz que aumento de salários para servidores seria uma desonra

Paulo Guedes diz que aumento de salários para servidores seria uma desonra

Brasil
O ministro da Economia, Paulo Guedes afirmou nesta sexta-feira (17) que conceder reajustes a todos os servidores seria uma desonra com as futuras gerações. O pior é que ele disse isso um dia após ter pedido ao Congresso para reservar R$ 2,5 bilhões para aumentos a policiais da área federal, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL). “Já tem gente querendo desonrar o compromisso com os contemporâneos, falando ‘já tomei minha vacina, me dá meu aumento’. Por enquanto, é uma desonra com os contemporâneos”, disse em entrevista de fim de ano à imprensa. “Se todos tiverem esses aumentos, é uma desonra com as futuras gerações. Aí a inflação vai voltar, vamos mergulhar no passado, vamos nos endividar em bola de neve. Nosso papel é assegurar que isso não aconteça”, disse. A referênc
Paulão comemora paralisação da privatização da Eletrobrás e diz que Paulo Guedes é um sanguessuga

Paulão comemora paralisação da privatização da Eletrobrás e diz que Paulo Guedes é um sanguessuga

Brasil, Política
O Ministro  da Economia, Paulo Guedes, pretendia neste fim de ano privatizar a Eletrobrás e os Correios, mas pelo menos a primeira empresa estatal ele não poderá mexer agora. Graças a uma ação do deputado federal Paulão junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) o processo de privatização da Eletrobrás, que estava sendo analisado no plenário da corte de contas, foi paralisado. Segundo o deputado, o ministro Vital Rego, com total percepção das incoerências dessa privatização, pediu vistas do processo e paralisou a votação este ano. Disse Paulão que o TCU vai retomar a discussão em 2022, mas que pelo menos o pedido de vistas amplia o tempo para que os trabalhadores e as entidades de defesa do setor atuem, para mostrar ao tribunal as desvantagens para a sociedade e os trabalhador