28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Dia: 21 de abril de 2022

Renan acusa golpe de Bolsonaro contra STF e diz que o “fascismo não passará”

Renan acusa golpe de Bolsonaro contra STF e diz que o “fascismo não passará”

Blog, Marcelo Firmino
O senador Renan Calheiros cassificou de golpista, no Twitter, a decisão do presidente Jair Bolsonaro de conceder o perdão ao deputado federal Daniel Silveira, condenado a  8 anos e 9 meses de prisão por ataques e ameaças de morte aos ministros do STF. Calheiros disse que vai entrar com uma representação, ainda neste 21 de abril, no Supremo Tribunal Federal contra a decisão de Bolsonaro por considerar que a graça concedida ao parlamentar é inconstituccional e  um atentado aos poderes. Para ele, o indulto do presidente ao deputado bolsonarista é uma afronta ao STF. Ele faz referências do ato governamental ao fascismo. O senador termina sua postagem no aplicativo pedindo ao Congresso que também se manifeste sobre atitude do presidente. E termina  a publicação com uma palavra de o
Bolsonaro afronta o STF com o perdão da condenação de Daniel Silveira

Bolsonaro afronta o STF com o perdão da condenação de Daniel Silveira

Brasil
Jogando exclusivamente para militância que lhe segue, o presidente Jair Bolsonaro (PL) concedeu nesta quinta-feira (21) graça (espécie de perdão) ao deputado Daniel Silveira, condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a 8 anos e 9 meses de prisão, em regime inicial fechado, por ataques aos ministros da corte. A medida consiste numa afronta a decisão do Supremo Tribunal e, ao mesmo tempo, afaga a militância para que mantenha o curso de defesa e apoio ao governo nesse momento de pré campanha eleitoral. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial. Em declaração transmitida nas redes sociais, o presidente argumentou que a liberdade de expressão é “pilar essencial da sociedade” e que a sociedade encontra-se em “legítima comoção” por causa da condenação. “A graça de
Postos de vacinação ficam fechados nesta quinta-feira e reabrem amanhã

Postos de vacinação ficam fechados nesta quinta-feira e reabrem amanhã

Maceió, Saúde
Os pontos de vacinação contra a Covid-19 terão alteração de funcionamento nesta semana, em decorrência do feriado dedicado a Tiradentes, nesta quinta-feira (21), e da decretação de ponto facultativo no serviço público municipal na sexta-feira (22). As salas de vacinação das unidades de saúde fecham nos dois dias, retomando o funcionamento na próxima segunda-feira (25). Os pontos fixos – locais que funcionam apenas com o serviço de vacinação – fecham na quinta-feira (21), mas funcionam na sexta (22) e no sábado (23). No domingo, funcionam apenas dois pontos - o Centro de Atendimento ao Turista (CAT Praia – Ponta Verde) e o do Shopping Pátio (Cidade Universitária). Quinta-feira (21), feriado de Tiradentes – não haverá vacinação nesta data. Todos os pontos estarão fechados. Sexta (22) e
Daniel Silveira coloca a mulher como candidata a federal e ela ataca Arthur Lira: “Covarde”

Daniel Silveira coloca a mulher como candidata a federal e ela ataca Arthur Lira: “Covarde”

Eleições 2022
A advogada Paola Daniel isentou o presidente Jair Bolsonaro e responsabilizou o presidente da Câmara, Arthur Lira, pela condenação do seu marido, o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Cotada para disputar a Câmara no lugar do marido, já que ele foi condenado à perda dos direitos políticos, Paola chamou Lira de “covarde”. “Daniel Silveira não é criminoso para ter pena estipulada. Ele não cometeu crime algum e posso garantir que ele não está assustado. Está ainda mais decidido a despertar pessoas para o que poderemos enfrentar. Arthur Lira é um covarde!”, escreveu a advogada no Twitter. Paola se refere à decisão de Lira de não pautar pedidos apresentados por aliados de Daniel Silveira para sustar a ação penal contra ele no Supremo. O próprio parlamen
Paulinho da Força sela paz com PT diz que Centrão se alia ao governo em 6 meses se Lula vencer

Paulinho da Força sela paz com PT diz que Centrão se alia ao governo em 6 meses se Lula vencer

Eleições 2022, Política
Em entrevista ao jornal O Globo, o deputado federal presidente do Solidariedade, Paulinho da Força, selou as pazes com o PT e manifestou apoio aa candidatura de Luis Inácio Lula da Silva. Na entrevista, Paulinho, que durante anos presidiu a Força Sindical, afirmou que Lula lhe prometeu proteção. Em outras palavras, o ex-presidente garantiu que o deputado não será mais atacado pela militância e que o espera ao seu lado no dia 7 de maio, quando será lançada a chapa presidencial formada por Lula e Geraldo Alckmin (PSB), o vice. — Ele chamou para si a responsabilidade — disse Paulinho. Antes de selar as pazes e postar uma imagem de mãos dadas com Lula, na terça-feira passada, o deputado se reuniu justamente com o tucano Aécio Neves, a quem classifica como "grande amigo", e o ex-go
Terrivelmente ‘putos da vida’: É como estão os bolsonaristas com André Mendonça no STF

Terrivelmente ‘putos da vida’: É como estão os bolsonaristas com André Mendonça no STF

Brasil, Justiça
Acabou o amor. André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para ser seu ministro "terrivelmente evangélico" no Supremo Tribunal Federal (STF), irritou apoiadores e parlamentares aliados do mandatário por ter votado a favor da condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) em julgamento realizado nesta quarta-feira (20). Mendonça evitou acompanhar integralmente o voto do relator Alexandre de Moraes, mas foi favorável à condenação de Silveira por crime de coação - o que já renderia ao deputado uma pena de 1 ano e 9 meses de prisão e a consequente perda do mandato parlamentar. Os demais ministros, com exceção de Kassio Nunes Marques (também indicado por Bolsonaro), votaram pela condenação do deputado por coação e por atentar contra o Estado Democrático de Dire
PF investiga filho 04 de Bolsonaro por pedir dinheiro a políticos e empresários

PF investiga filho 04 de Bolsonaro por pedir dinheiro a políticos e empresários

Brasil
Em mensagens obtidas pela Polícia Federal (PF), empresários foram procurados para pagar obras da sala comercial do filho 04 do presidente Jair Bolsonaro (PL), Jair Renan. O material faz parte do inquérito que apura suspeita de tráfico de influência. A arquiteta responsável pela obra chegou a ironizar a busca por patrocinadores e disse que pediria "bolsa móveis e bolsa reforma". Agora, a PF investiga se houve “patrocínio na obra”. Outro ponto, 04 teria atuado para intermediar contatos com o governo federal. Ele nega qualquer irregularidade. As informações foram publicadas em uma reportagem do jornal O Globo, nesta quarta-feira (20/4). A PF teve acesso a diálogos do WhatsApp entre a arquiteta Tânia Fernandes e o personal trainer Allan Lucena, amigo de Jair Renan e responsável por ajudar