11 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade

Dia: 3 de agosto de 2022

No vídeo: Uma jovem esmurrada barbaramente ou a perda provisória da consciência do agressor?

No vídeo: Uma jovem esmurrada barbaramente ou a perda provisória da consciência do agressor?

Blog, Marcelo Firmino, Policia
O doutor Raimundo Palmeira é um criminalista experiente e brilhante em sua carreira. E como tal tratou de se antecipar na defesa de um policial militar que agrediu uma mulher de forma bárbara e repugnante, em um  posto de combustível, em Maceió, esta semana. É claro que o agressor tem seu direito à defesa. Mas, o que o advogado pontuou antecipadamente na mídia foi uma hermenêutica jurídica  que diz "dê-me o fato e dar-te-ei o direito". E no caso específico "o fato" que convém para fazer a defesa de um agressor incontinente. É papel do advogado defender o cliente por meio de normas e estratégias que, muitas vezes, até escondem os fatos. E, claro, não se diz aqui que o nobre advogado assim o fez ao levantar o argumento da "perda provisória de consciência" do agressor. Mas, qu
IBGE encerra hoje inscrições para concurso de recenseador

IBGE encerra hoje inscrições para concurso de recenseador

Brasil, Expresso
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prorrogou para 3 de agosto o fim do prazo de inscrições do processo seletivo complementar para recenseadores, cujo edital foi divulgado ontem (28). São 15.075 novas vagas para trabalhar no Censo 2022. Segundo o instituto, trata-se de um processo complementar, que oferece vagas ainda não preenchidas em diversos municípios do país. A previsão de duração do contrato é de até três meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico 2022 e na disponibilidade de recursos orçamentários. As inscrições para o certame são gratuitas. A jornada de trabalho recomendável para a função de recenseador é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no
TRE/AL mantém restrições à promoção pessoal em eventos do governo de Alagoas

TRE/AL mantém restrições à promoção pessoal em eventos do governo de Alagoas

Justiça
O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), por maioria de votos, durante sessão presencial desta terça-feira (02), julgou um mandado de segurança e confirmou a decisão liminar proferida pela desembargadora eleitoral Maria Ester Cavalcanti Manso em junho deste ano, mantendo as restrições à promoção pessoal em eventos do governo de Alagoas. A decisão diz respeito aos atos do governador Paulo Dantas, do ex-governador Renan Filho e do secretário estadual de Comunicação, Joaldo Cavalcante. Na decisão liminar da magistrada eleitoral, ficou estabelecida a proibição de atos de promoção pessoal, própria ou alheia, através de manifestações que comuniquem feitos ou qualidades pessoais e a manifestação ou solicitação de apoio político-eleitoral. “A decisão liminar contém me
Chuva contínua deixa Defesa Civil de Maceió em Alerta

Chuva contínua deixa Defesa Civil de Maceió em Alerta

Expresso, Maceió
Centro Integrado do Monitoramento e Alerta monitora a previsão de chuvas 24h. Foto: Alisson Frazão/Secom Maceió A Defesa Civil de Maceió emitiu SMS na tarde desta terça-feira (2), alertando para a possibilidade de continuidade de chuvas. Os pluviômetros já registram um acumulado de 76 mm nas últimas 24h, com maior intensidade na parte alta da cidade. Desde o início do período chuvoso, foram 1.334 mm, de maio até este início de agosto.Leia mais: Inmet coloca mais da metade de Alagoas em alerta por causa de fortes chuvasO coordenador geral da Defesa Civil enfatiza que as pessoas que residem nas áreas de risco devem redobrar a atenção. “Após algumas horas de chuvas contínuas é comum que o solo fique encharcado, aumentando a possibilidade de deslizamento nas barreiras, como também queda de
Ônibus de Maceió ganham adesivos para indicar “pontos cegos”

Ônibus de Maceió ganham adesivos para indicar “pontos cegos”

Maceió
Adesivos indicam os pontos cegos nos coletivos de Maceió. Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Maceió iniciou, nesta terça-feira (2), a adesivação do "Ponto Cego" nos ônibus que integram o Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM). A iniciativa é realizada em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Maceió (Sinturb) e tem o objetivo de reduzir acidentes, e até mortes, que podem ser causados por pessoas que acessam esses espaços sem a visibilidade dos motoristas dos coletivos. O evento contou com a participação de técnicos da SMTT, motoristas, ciclistas e motociclistas, e abordou os cuidados que devem ser tomados para evitar acidentes nas vias. Os adesivos com a identificação dos pontos serão
Lula avalia possibilidade de assinar carta pró-democracia

Lula avalia possibilidade de assinar carta pró-democracia

Política
Até agora sem aderir ao manifesto para não partidarizar o debate, segundo tem dito a aliados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode assinar, nos próximos dias, a carta em defesa da democracia divulgada na semana passada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Lula parabenizou os organizadores da iniciativa publicamente, mas não assinou a carta até o momento. Para os petistas, quanto menor a identificação do evento com o ex-presidente, maiores as chances de haver uma ampla mobilização da sociedade — o que, por si só, é considerado vantajoso para a campanha do PT. Leia mais: Bolsonaro sente ‘carta em defesa da democracia’ e faz “manifestinho” no Twitter Entretanto, como candidatos à Presidência de outros partidos já assinaram a carta, a equipe
Bolsonaro não confirma ida aos debates presidenciais

Bolsonaro não confirma ida aos debates presidenciais

Política
Em entrevista ao SBT, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que "a princípio" a ideia é comparecer aos debates eleitorais.Ele garantiu que a decisão não depende da presença de seu maior rival na disputa pelo Palácio do Planalto, o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva. "Não vou dar bola. Eu pretendo ir aos debates, na política tudo é dinâmico", ponderou, em entrevista ao SBT. Leia mais: Bolsonaro é sorteado para ser primeiro entrevistado ao vivo no Jornal Nacional Caso vá, Bolsonaro afirmou que pretende destaca em suas participações as políticas do governo para as mulheres, segmento do eleitorado no qual enfrenta grande rejeição. "Defendo as mulheres do Brasil. 90% dos títulos da reforma agrária são para mulheres", disse ele na entrevista, que também ne
TCU deve retomar julgamento que pode tornar Deltan e Janot inelegíveis

TCU deve retomar julgamento que pode tornar Deltan e Janot inelegíveis

Justiça
O Tribunal de Contas da União (TCU) deve retomar nos próximos dias o julgamento que envolve o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e o ex-procurador Deltan Dallagnol em gastos da força-tarefa da Operação Lava Jato com passagens aéreas e diárias. O TCU tem até o dia 15 de agosto para entregar à Justiça Eleitoral a lista de pessoas condenadas por irregularidade no manejo de recursos públicos. Quem estiver nela é considerado ficha suja e não pode ser candidato. Lava Jato No ano passado, o ministro Bruno Dantas acatou representação do subprocurador Lucas Furtado, do Ministério Público junto ao TCU, e determinou um pente-fino nos gastos da Lava Jato com viagens e diárias. Concluiu que houve prejuízo ao erário e violação ao princípio da impessoalidade, com a adoção de um m
STF julga se lei de improbidade retroage e beneficia condenados como Arthur Lira

STF julga se lei de improbidade retroage e beneficia condenados como Arthur Lira

Justiça
O STF deve decidir hoje (3), a partir das 14h, se a nova lei de improbidade administrativa, sancionada no ano passado, deve retroagir e alcançar ações julgadas ou em andamento. Por causa das eleições deste ano, o caso é acompanhado por políticos que esperam rever condenações e serem liberados. O caso interessa o alagoano Arthur Lira, que já cobrou do presidente do STF, Luiz Fux prioridade para julgar extensão da lei improbidade. Condenado em segunda instância em Alagoas, o deputado pode se livrar da acusação, se o Supremo optar pela retroatividade da nova lei. Leia mais: Lira assume presidência da Câmara como réu no STF e fora da linha de sucessão de Bolsonaro e Mourão Além de Lira, entre os beneficiados estão os ex-governadores José Roberto Arruda (PL-DF) e Anthony Garotin