21 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Mundo

África só deve ter 70% da população vacinada em 2024, diz OMS

Até agora, 20 dos 54 Estados soberanos do continente vacinaram pelo menos 10% de sua população

Se o ritmo de vacinação não aumentar na África até 2022, o continente não poderá atingir 70% de sua população vacinada até agosto de 2024, alertou nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Em um mundo onde a África tinha as doses e o suporte para vacinar 70% de sua população até o final de 2021, um nível que muitos países ricos alcançaram, provavelmente veríamos dezenas de milhares de mortes a menos por covid-19 a cada ano”. Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para a África.

Até agora, 20 dos 54 Estados soberanos do continente vacinaram pelo menos 10% de sua população, enquanto apenas seis – Cabo Verde, Maurício, Botsuana, Marrocos, Seychelles e Tunísia – alcançaram 40% de cobertura e dois deles — Maurício e Seychelles — 70%.

O continente recebeu, até o momento, 350 milhões de doses através do mecanismo Covax — promovido pela OMS e outras organizações para garantir o acesso global e equitativo à vacina —, das quais cerca de 80% chegaram nos últimos quatro meses, de acordo com a agência da ONU.

De acordo com a OMS, dos mais de 2,7 mil casos da nova variante detectados globalmente em 59 países, cerca de 33% foram identificados em 11 nações africanas, uma porcentagem que está diminuindo “de forma constante”. No entanto, mais de 70 países mantêm restrições de viagens destinadas, sobretudo, aos países africanos, alguns onde