29 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas é o estado que mais reduziu roubos a residência e estabelecimentos em 2020

Governo promoveu a 4ª maior ampliação de investimentos em segurança pública no país

Márcio Ferreira

Os esforços do Governo do Estado para tornar Alagoas um lugar mais seguro foi outro aspecto destacado na edição 2021 do Anuário Brasileiro da Segurança Pública.

A publicação, divulgada na última quinta-feira (15), comprova a evolução no aporte financeiro concedido pelo Executivo estadual para as Forças de Segurança: Alagoas aparece como o 4º ente federativo que mais ampliou os investimentos no combate à violência.

Enquanto isso, 16 estados tiveram queda, e a média dos investimentos entre todos os estados e municípios brasileiros nessa área também caiu.

Leia mais: Alagoas tem a 2ª maior redução de crimes do país e Maceió sai da lista das mais violentas

No comparativo entre 2019 e 2020, as despesas realizadas – incluindo policiamento, defesa civil, informação e inteligência e demais subfunções – tiveram acréscimo de 16,9%. No ano passado, o valor destinado às Forças de Segurança foi superior a 1 bilhão e 354 milhões de reais.

Quando destacado apenas o repasse para a categoria Policiamento, o Governo de Alagoas também figura na quarta colocação, com aumento de 49,7% nos recursos.

Números

Entre os diversos destaques obtidos na edição 2021 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, Alagoas aparece como o estado brasileiro que mais reduziu o número de roubos a residências e estabelecimentos comerciais, com queda percentual de 40,4% e 43%, respectivamente, no comparativo entre 2019 e 2020.

Além disso, foi o quinto estado que mais diminuiu o roubo a veículos (-38,7%) e o quarto com maior queda no roubo de carga (-51,5%).

De acordo com o documento divulgado na última quinta-feira (15) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no caso de roubos a estabelecimentos comerciais, o registro de ocorrências em território alagoano caiu de 351 (2019) para 201 (2020). Na outra ponta da tabela, o Ceará apresenta os piores resultados, com alta de 2.638 para 4.207 casos, que correspondem a um crescimento de 58,5%.

Já o crime contra residências foi reduzido de 202 para 121 delitos em Alagoas. A diminuição de 40,4% situa o estado na liderança do ranking nacional, cujas últimas posições são ocupadas por Amapá e Ceará, com crescimento de 40% e 39,8%, respectivamente.

Outra queda acentuada nas estatísticas foi constatada nas estradas alagoanas, com a diminuição de 51,5% nos crimes de roubo de carga – a quarta maior redução do Brasil. Além disso, o Anuário confirma que em 2020 o estado não registrou roubo a instituições financeiras, fato que perdura ao longo de 2021.

O número de roubo a veículos teve a quinta maior queda percentual do país no comparativo entre 2019 e 2020, com redução de 38,7%, e nos dados combinados entre roubo e furto de veículos Alagoas apresentou decréscimo de 22,4%. O roubo a transeunte também caiu 33,8%.

O bom desempenho é resultado de uma verdadeira revolução na política de Segurança Pública promovida pelo Governo de Alagoas, com investimentos continuados em equipamentos, armamentos, veículos especiais, capacitação, concursos públicos e infraestrutura.