30 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Alcolumbre diz que não há clima para pautar André Mendonça para vaga no STF

Senador presidente da CCJ diz que Bolsonaro afronta o Supremo e que não vai mais pautar indicação de novo ministro

Davi Alcolumbre, presidente da CCJ do Senado Federal

O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) classificou como “grave afronta” o pedido de impeachment, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre Moraes, protocolado pelo presidente Jair Bolsonaro,  no Senado Federal.

Alcolumbre é o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e declarou que não vai mais pautar a indicação de André Mendonça, atual advogado-geral da União, para ocupar a caga deixada no STF pelo ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou em julho.

“Não há mais clima para que a indicação feita por Bolsonaro entre na pauta do Senado”, disse o senador.  Segundo ele, “se Bolsonaro não respeita o Supremo, não tem condições de cobrar celeridade para a indicação”.

A interlocutores de seu núcleo político, Davi tem deixado transparente como água a sua opinião: não está insatisfeito com o indicado, mas com quem o indicou.