27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Alguém duvidava? Alexandre Garcia e Caio Coppolla são os novos contratados da Jovem Pan News

Bolsonaristas (e, por consequência, negadores da pandemia), a dupla saiu da CNN Brasil após constantes ataques contra as medidas sanitárias desta pandemia

O CEO do grupo Jovem Pan, o empresário Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, conhecido como Tutinha, anunciou neste final de semana os mais novos comentaristas da Jovem Pan News: Alexandre Garcia e Caio Coppolla, que neste ano saíram da CNN Brasil.

Tutinha classificou os dois como um “presentes para os ouvintes e telespectadores”, que estreou na TV fechada semana passada e teve a proza de conseguir fazer o presidente Jair Bolsonaro – até então grande aliado – abandonar uma entrevista ao vivo.

Enquanto Caio ficará à frente do “Boletim Copolla”, programa do horário nobre que já deve estrear agora em novembro, o modelo de participação de Alexandre Garcia ainda não ficou definido.

Bolsonaristas (e, por consequência, negadores da pandemia), a dupla saiu da CNN Brasil após constantes ataques contra as medidas sanitárias adotadas durante a pandemia de coronavírus no Brasil, além das constantes passadas de pane nos casos de corrupção.

Leia mais: Alexandre Garcia apagou centenas de vídeos em que desinforma e mente sobre Covid-19

Enquanto Coppola deixou a CNN Brasil na semana passada, depois de não renovar seu contrato, Garcia foi demitido do canal no final de setembro, após ser desmentido ao vivo pela própria emissora, enquanto proferia informações erradas sobre vacinação – ele também já havia sido corrigido ao defender o uso de cloroquina contra a Covid-19.

Leia mais: Demitido por fake news, Alexandre Garcia pergunta na Jovem Pan: ‘quem estabelece o que é falso?’

O grupo Jovem Pan apoia o governo Bolsonaro, sendo o maior seguidor “jornalístico” de referência do presidente. Como estão “fechados com o mito”, a pauta de sua programação é a mesma bolsonarista: conservadora, com crítica às urnas e “esquerdopatas”, além de uma boa dose de exageros e fake news.

Leia mais: Em editorial, Jovem Pan teme “onda de indignação e temor pelo futuro” ao criticar STF por causa de Lula

Não deve ser muito difícil encontrar, portanto, manchetes de fãs do grupo que digam que com a chegada dessa dupla, “a casa caiu para CNN e GloboNews”, por exemplo.