24 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Allan dos Santos e Sérgio Camargo trocam ofensas por causa de Olavo e Bolsonaro

Um diz que o presidente que só erra não precisa receber ensinamento de ninguém, e o outro que o astrólogo ofensivo é um exemplo a ser seguido

Figuras de trânsito livre no bolsonarismo, o blogueiro Allan dos Santos e o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, trocaram ofensas nas redes sociais por causa das críticas que o ideólogo Olavo de Carvalho fez ao governo recentemente.

O blogueiro, que é alvo de um mandado de prisão, defendeu o dito “guru” do bolsonarismo (algo pelo qual Olavo nem quer mais ser conhecido) após ele ser criticado por Camargo.

E como clássicos “cidadãos de bem” da extrema-direita, o campo das trocas de ofensas foram as redes sociais, com adjetivos como “oportunista fracassado” a “moleque de merda” aparecendo aqui e acolá.

Leia mais: Com pedido de afastamento no MPT, Sergio Camargo publica declarações de ódio no Twitter

Tudo começou quando Camargo escreveu, na quarta-feira (22), que “Jair Bolsonaro seria um autêntico conservador ainda que absolutamente nenhum intelectual jamais tivesse escrito um único parágrafo sobre conservadorismo” e que o mandatário “nunca precisou e jamais precisará de um ‘professor'”.

Dois dias depois, Olavo sentiu a indireta e reproduziu a fala do presidente da Fundação Camargo com o seguinte comentário: “Esta é a coisa MAIS CRETINA que algum bolsonarista já escreveu”.

Foi quando Santos, que que está com a conta no Twitter suspensa após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), saiu em defesa de Olavo no Telegram.

“O Brasil pariu uma horda de analfabetos que, se não estivessem na política, não seriam capazes de ensinar uma única e mísera coisa sequer. Vivem do salário que recebem do Estado e assim que dele saírem não serão capazes de organizar um grêmio estudantil. Esse Sérgio Camargo é um deles. A idiotice que falou sobre o Prof. Olavo de Carvalho é a prova de que, se não fosse o carguinho dele, ninguém nunca saberia quem é esse infeliz”. Allan dos Santos.

Camargo prontamente reproduziu a mensagem de Santos em sua conta no Twitter e chamou o blogueiro de “oportunista fracassado”:

Allan dos Santos, que por enquanto teve a última palavra, disse que Camargo “tem uma longa estrada para falar de mim e do Olavo” e o chamou de “moleque de merda”.

Carvalho

O astrólogo Olavo de Carvalho, dito filósofo e uma espécie de “guru” do bolsonarismo, afirmou antes de toda essa conusão que o presidente Jair Bolsonaro (PL) o usou como “poster boy” para “se promover e se eleger” e que considera que “a briga já está perdida“.

Leia mais: O passado muçulmano e poligâmico de Olavo de Carvalho
O jantar de Bolsonaro com Olavo de Carvalho e Steve Bannon nos EUA

Para constar, em discussão típica de quinta-série, as duas figuras ilustres da extrema-direita brasileira brigavam por causa de Bolsonaro e Olavo: um dizia que o presidente que só erra não precisa receber ensinamento de ninguém e o outro dizia que o astrólogo autodidata de boca-suja é um exemplo a ser seguido.

Como de se esperar, os dois lado estão errados.