8 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alunos da Rede Sesi/Senai de Alagoas conquistam 16 medalhas na Mostra Brasileira de Foguetes

Evento é realizado pela Sociedade Astronômica Brasileira e Agência Espacial Brasileira.

O estudante José Fernando, 14 anos, do 8º ano do ensino fundamental da Escola Sesi Cambona | Divulgação

Os alunos da Rede Sesi/Senai de Educação brilharam na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). O evento é promovido anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB). Os lançamentos aconteceram entre os últimos dias 5 e 13 de novembro, de forma real e virtual, devido à pandemia de Covid-19. O resultado final foi divulgado nesta semana.

No total, 7.543 foguetes reais e 2.386 foguetes virtuais, construídos por estudantes de todo o Brasil, foram lançados durante a Mostra. Ao final, os alunos da Escola Sesi Cambona conquistaram quatro medalhas de ouro no lançamento dos foguetes reais.

No desafio virtual, onde o apogeu dos foguetes programados e lançados pelos jovens à distância foi calculado por um software, os alunos ganharam quatro ouros e um bronze. Já a Escola Sesi Senai Benedito Bentes faturou uma medalha de ouro e uma de prata no lançamento real. No virtual, foram dois ouros, duas pratas e um bronze.

O estudante José Fernando, 14 anos, do 8º ano do ensino fundamental da Escola Sesi Cambona, ganhou duas medalhas de ouro, uma na modalidade real e outra na virtual. Este é o segundo ano que ele participa da MOBFOG e que também ganha medalha de ouro. Segundo o competidor, a MOBFOG trouxe algumas lições. “Aprendi a trabalhar em equipe, a superar as dificuldades e, também, a trabalhar cálculos e estratégias. Minha professora Andrea me ajudou bastante, mesmo de longe, orientou tudo direitinho para que eu realizasse todos os lançamentos”, afirmou.

A professora é Andrea Souza, de Geografia, que orientou os alunos do Sesi Cambona. Ela destacou que os resultados foram excelentes diante da nova realidade virtual. “Foi um grande desafio orientar os alunos, através da plataforma Teams e pelo WhatsApp, para a construção dos foguetes reais e virtuais. Acredito que nossos alunos aprenderam muito na construção do foguete com garrafa pet e com o programa virtual”, comemorou.

Distância

O aluno Miguel Melo, do 7º ano, ganhou um ouro virtual e outro real | Divulgação

Na Escola Sesi Senai Benedito Bentes, os estudantes orientados pelo professor de Biologia Marcos César também se destacaram na MOBFOG, entre eles, Raiza Carla da Silva, da 1ª série do ensino médio, que conquistou duas medalhas de prata, e Miguel Melo Ferreira de Souza, aluno do 7º ano, com duas medalhas de ouro. “Foi com muito esforço que conquistei as duas premiações e agradeço ao professor Marcos César que dedicou seu tempo para nos orientar e ajudar para construção do foguete e base”, disse Miguel.

Participar da MOBFOG em meio a uma pandemia foi desafiador, explica o professor Marcos. “Nossos alunos foram brilhantes e muito responsáveis. Mesmo no momento crítico, a motivação era maior, justamente, por conta da situação atual, o que eu deixava bem claro para os alunos. Meu agradecimento também vai para os pais que sempre estavam juntos dos seus filhos nas reuniões virtuais e nos lançamentos reais”, disse.

Confira a relação dos vencedores da MOBFOG:

Escola Sesi Cambona

Ensino Fundamental

Daniel José Araújo de Santana, 8º ano – Ouro real e virtual

José Fernando Cardozo Barbosa, 8º ano – Ouro real e virtual

Maria Geovânia Bertoldo Costa de Moraes, 8º ano – Ouro virtual

Rhuann Pablo dos Santos Melo, 9º ano – Ouro virtual

Ensino Médio

Julio Pedro Sales Oliveira, 2ª série – Ouro real

Kaio Nicollas Pereira Novaes, 2ª série – Ouro real

Marcondes Marcos de Oliveira Junior, 2ª série – Bronze virtual

 

Escola Sesi Senai Benedito Bentes

Ensino Fundamental

Beatriz Cavalcante Maia, 6º ano – Prata virtual

Gabriel Izidio Ugá Maximo, 7º ano – Ouro virtual

Leonardo Jose da Silva Santos, 6º ano – Bronze virtual

Miguel Melo Ferreira de Souza, 7º ano – Ouro virtual e real

Ensino Médio

Raiza Carla da Silva Oliveira, 1ª série – Prata real e virtual