18 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Personalidades

Aos 91 anos, morre Elza Soares a maior intérprete da música popular brasileira

Com uma trajetória de sofrimento na vida, Elza venceu desafios, empoderou-se e se tornou uma das maiores artistas do País.

Elza Doares: uma guerreira no meio cultural que se fez diva pelo talento e a determinação

A cantora Elza Soares morreu aos 91 anos, nesta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro. O comunicado da morte foi feito pela assessoria da cantora.

“É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais”, diz o comunicado enviado pela assessora.
“A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”, continua o texto.
A morte da cantora acontece no mesmo dia da de Garrincha, com quem ela teve um relacionamento por 17 anos. O craque do Botafogo morreu também em 20 de janeiro, mas quase 40 anos antes: em 1983.
Engajada nas questões sociais, na luta contra o racismo e pela cidadania, Elza teve uma trajetória de vida sofrida. Mas, em sua luta passou a ser referência de mulher empoderada  e se tornou uma das maiores artistas do País. Reconhecida e admirada no mundo inteiro ela deixa seu legado como a maior diva da nossa música.
Elza foi casada com Mané Garrincha, craque da seleção brasileira dos anos 50 e 60, e que morreu há 30 anos, exatamente no dia 20 de janeiro.