30 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Mundo

Apocalipse climático: Agosto se inicia na Europa com onda de calor extrema e previsão de até 47º C

Situação mais crítica é no sudeste europeu, com Itália, Grécia e Turquia registrando entre 42 e quase 45 ° C

Original do Severe Weather Europe

O Canadá não é o único país do hemisfério Norte sofrendo com temperaturas recordes neste verão de 2021 No sudeste da Europa, uma onda de calor intensa impõe temperaturas mais altas entre 42 e quase 45 ° C, do sul da Itália, passando pela Grécia até o oeste da Turquia.

À medida que avançamos no início de agosto, a onda de calor deve se intensificar ainda mais e pode desafiar a temperatura mais alta já registrada na Europa. Segunda ou terça-feira podem atingir o pico em torno de +47 ° C. A maior ameaça é um incêndio florestal, que se desenvolveu na Turquia, partes da Grécia e Sicília.

Julho foi muito quente nas partes sul e sudeste do continente europeu, mas o tormento não vai aliviar com o final deste mês. Tudo indica que o calor extremo da semana passada continue a aumentar nesta, a primeira de agosto.

Vale lembrar: Os anos de 2015 a 2020 foram os seis mais quentes de que há registro e 2021 tem tudo para bater o recordista do ano passado:

As temperaturas aumentaram gradualmente após a terça-feira, com o início de uma onda de calor intensa sobre o Mediterrâneo e a península dos Balcãs. Até o momento, as temperaturas máximas observadas foram de até quase 45 ° C, sendo as mais quentes neste final de semana.

De acordo com as mais recentes previsões, as temperaturas máximas em partes do sul da península dos Balcãs devem subir muito perto do recorde europeu de calor de segunda a quinta-feira.

O modelo meteorológico geral sugere o potencial para as temperaturas mais altas, até cerca de 47 ° C, possivelmente em algumas das terras baixas, precisamente na região da Tessália, no norte da Grécia. Esta região também é conhecida pelo calor extremo no passado.

Larissa, a capital da região da Tessália, costuma ser a área mais quente da Grécia no verão e o mesmo acontecerá durante esta onda de calor. A cidade tem o recorde oficial de temperatura mais alta de +45,4 ° C, estabelecido no verão de 2000.

Dependendo dos efeitos da topografia local na região da Tessália durante os próximos dias, o recorde de temperatura poderia ser desafiado em algumas partes da Europa.

Brasil

Atualmente, o Brasil vive um intenso inverno, principalmente na região Sul. Há registro de neve e a população, como deveria se esperar, ficou encantada com a situação inusitada.

Isso, no entanto, mostra que estamos vivendo em um planeta de extremos. Desregulado e sem meios termos, os invernos estão ficando cada vez mais frios e os verões cada vez mais quentes.

E enquanto muitos comemoram a geada brasileira (que já tirou a vida de dezenas de moradores de rua por hiportemia), é perfeitamente plausível que a onda de calor (que matou e desidratou centenas) se repita por aqui.

Em tempo, o verão no Brasil tem início em 21 de dezembro. Até lá, seria bom pensar nisso: não é que o planeta Terra esteja morrendo. Pelo contrário, ele continuará aqui. A questão é que ele está nos matando mesmo. E estamos ajudando nisso de forma intensa.