5 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Arthur Lira fala em ‘serenidade’ e seguir a Constituição após prisão de deputado bolsonarista

Daniel Silveira foi preso em flagrante pela PF, na noite desta terça, após postar vídeo com ameaças aos ministro do STF

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), pregou “serenidade” e disse ter consciência de suas responsabilidades com o Legislativo e a democracia ao comentar a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), na noite desta terça (16).

Silveira foi preso em flagrande pela PF após postar vídeo com ameaças aos ministros do STF e elogios ao AI-5. O ministro Alexandre de Moraes, responsável pela ordem de prisão, afirmou que Lira deve ser notificado sobre o caso e tomar “as providências que entender cabíveis”.

“Irei me guiar pela única bússola legítima no regime democrático: a Constituição. E pelo único meio civilizado de exercício da democracia, o diálogo e o respeito à opinião majoritária da instituição que represento”. Arthur Lira.

O vice-presidente da Câmara, o deputado Marcelo Ramos (PL-AM) compartilhou a publicação de Lira, mas citou e reprovou a atitude de Silveira. Entretanto, questionou a caracterização de sua prisão como flagrante.

Veja o conteúdo do vídeo de Silveira clicando aqui.