24 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Atentado a tiros termina com dois mortos, colisão e cinco feridos em Marechal Deodoro

As vítimas foram pai, filha e tia; Uma morreu em um acidente e a outra já no hospital

Na noite desta quarta-feira, um homem matou uma tia e uma sobrinha, além de ferir outra pessoa, em um atentado a tiros no bairro de Taperaguá, em Marechal Deodoro.

Logo depois, o veículo que socorria uma das vítimas, bateu em outro carro, em uma colisão que feriu mais cinco pessoas. Os militares da 5ª Companhia Independente (5ªCIA/IND) capturaram os envolvidos nos disparos.

Chacina na Rua dos Cajueiros

Após receber uma denúncia, a PM foi até o bairro na Rua dos Cajueiros e receberam o relato de que três pessoas foram baleadas e já haviam sido resgatadas. E que os suspeitos fugiram.

De acordo com a PM, a guarnição recebeu uma denúncia sobre uma suposta chacina na Rua dos Cajueiros. Ao chegar no local, os agentes descobriram que três pessoas foram baleadas e já haviam sido resgatadas. Já os autores dos disparos haviam fugido.

Uma das vítimas baleadas, uma mulher de 48 anos, foi colocada em um Clássic para ser levada até o Hospital Geral do Estado por seu marido, em Maceió. Mas este bateu de frente com um outro carro, de mesmo modelo. O esposo e uma amiga que auxiliava a vítima ficaram feridos. A vítima que havia sido baleada não resistiu e morreu no local.

Três ocupantes do outro Chevrolet/Classic precisaram de atendimento. Duas das pessoas se feriram sem gravidade, mas um deles segue internado em observação, aos cuidados da ortopedia.

Outra mulher, de 34 anos, conseguiu ir para outro hospital em outro veículo, mas também não resistiu aos vários ferimentos provocados pelos tiros e morreu na unidade.

O único sobrevivente da chacina é um homem de 54, foi socorrido com vida e que está hospitalizado. O estado de saúde dele não foi revelado.

Suspeitos

A polícia localizou os suspeitos, de 25 e 32 anos, depois de rondas na região e foi surpreendida por disparos contra a viatura. Houve troca de tiros e eles foram presos. Com eles, uma pistola de calibre 380 foi encontrada.

Eles foram autuados em flagrante por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. A motivação do ataque não foi divulgada.