21 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Mundo

Biden eleito nos EUA, mas Trump se recusa a aceita a vitória dos Democratas

Após 5 dias de apuração Joe Biden pode comemorar a vitória com seus apoiadores

Joe Biden vitória consagradora dos Democratas no EUA.

Foram 5 dias de espera dos democratas e apoiadores americanos de Joe Biden, que neste sábado, 7, é declarado eleito presidente do Estados Unidos.

Biden que chegou a 290 delegados no Colégio Eleitoral foi vice-presidente de Barack Obama por oito anos e senador.  A maioria exigida era de 270. A Apuração continua, mas a vitória dos Democratas está consolidada.

Biden será o 46º presidente dos EUA. A vitória dele se confirmou após a apuração no Estado da Pensilvânia, quando conquistou 273 delegados.

O presidente Donald Trump, que não aceita a derrota, decidiu levar à justiça o processo de apuração alegando fraude, apesar de não ter apresentado nenhuma prova neste sentido.

Trump quer recontagem de votos em Wisconsin, onde Biden ganhou com cerca de 20 mil votos a mais, a mesma margem de vantagem que o atual presidente obteve contra Hillary Clinton em 2016.

Geórgia com recontagem – O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, afirmou nessa sexta-feira (6) que o Estado fará a recontagem dos votos. As estatísticas apontam empate de 49,4% dos dois candidatos na Geórgia, com 98% das urnas apuradas. Mas, a ações de Trump em outros Estados foram recusadas pela justiça.

Joe Biden Biden será o presidente mais velho a tomar posse nos EUA, com 78 anos – os quais completará no próximo dia 20. Ele foi eleito por um forte sentimento de aversão a Trump entre parte da sociedade americana, que decidiu que o presidente não merece mais um mandato no comando do país.