28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Economia

Bolsa Família contempla mais de 400 mil alagoanos

Em dezembro, repasse para o Estado é de quase R$ 80 milhões

Considerado um dos maiores programas de transferência de renda do mundo, o Programa Bolsa Família completou 15 anos no mês de outubro. Instituído inicialmente como Medida Provisória n°132 em outubro de 2003, e posteriormente transformado na lei n°10.836, o Bolsa Família unificou o Programa Nacional de Acesso a Alimentação, aos programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Auxílio Gás.

O benefício transforma mensalmente a vida de milhares de alagoanos. Neste mês de dezembro não está sendo diferente. De acordo com dados do Governo Federal, 412.116 mil famílias serão beneficiadas, o que injetará R$ 79.428.048,00 na economia do Estado.

O pagamento segue o calendário definido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) é, com a liberação dos saques de forma escalonada. Para saber o dia em que o beneficiário pode retirar o dinheiro, basta ele conferir o Número de Identificação Social (NIS) impresso no seu cartão do programa.

Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante.

Para o secretário Fernando Pereira o programa está cumprido com sua função principal de combater a pobreza e a desigualdade social. Ele avalia que o programa surgiu como um divisor de águas na vida de muitas famílias, que passaram a se emancipar financeiramente, rompendo a linha da extrema pobreza.