28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Economia

Bolsas não sofrem baque com sanções e petróleo mais caro

Joe Biden impôs ontem a proibição de importação do petróleo em retaliação à invasão da Ucrânia

As bolsas europeias abriram com índices positivos nesta quarta (8) mesmo com alta dos preços de petróleo. Parte do mercado asiático também se recuperou, mas foi afetado por queda em Hong Kong.

O preço do barril de petróleo, que já estava em alta em janeiro devido a preocupações com a oferta e expectativas de uma recuperação econômica global, disparou desde que a Rússia lançou sua invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro. O petróleo custa, agora, aproximadamente o dobro do seu preço no início de dezembro.

Pressionando ainda mais os preços dos combustíveis, o presidente dos EUA, Joe Biden, impôs na terça-feira (8) a proibição de importação do petróleo em retaliação à invasão da Ucrânia.

Às 4h, no horário de Brasília, o petróleo Brent estava sendo negociado a US$ 130.38 por barril, alta de 1.88% no dia, mas ainda fora do pico de US$ 139,13 atingido na segunda-feira (7).

A Rússia disse, no início desta semana, que os preços podem subir para US$ 300 o barril e que o país pode fechar o principal gasoduto para a Alemanha se o Ocidente bloquear suas exportações de petróleo.