27 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Bolsonaristas empoderaram o mal. Agora, querem perpetuá-lo

Político não é para ser idolatrado. É para ser cobrado e ponto.

A idolatria ao que existe de pior no mundo gerou uma a aberração. O Produto Interno Bruto (PIB) em queda, a gasolina a R$ 6 no postos de Maceió, 9% de inflação, quase 20 milhões de brasileiros com fome, falta de água e luz, e os retardados cobrando essa fatura ao… Lula!

Alguém avisa a essa galera que Luiz Inácio Lula da Silva não é presidente do Brasil há dez anos, oito meses e alguns dias? Que eles colocaram o incompetente do Bolsonaro no poder e agora que o balancem?

Os arrependidos já pularam fora do barco. Agora, só restaram os escrotos mesmo. Uma gente que não tem vergonha de se emperequitar de verde e amarelo para reivindicar a desgraça do próprio país.

Estão satisfeitos com a destruição da nossa indústria? Com o desemprego? Com a mudança na política de preços da Petrobras, que não é mais dos brasileiros?

Para mim, não. Eles querem mais. Agora, esses animais lutam pela instauração de um governo autoritário, tirânico e corrupto. E que não pode ser combatido, justamente, por seu caráter autoritário. Eles querem o mal fortalecido, pois, se identificam com a maldade em seu estado puro.

Acreditam que militares são seres angelicais, perfeitos e puros. A CPI da Covid-19, que tem demonstrado a corrupção e os desmandos no Ministério da Saúde, em plena pandemia, desmente essa crença.

Mas não dá para discutir racionalmente com essa corja. A luz dos fatos ofusca as criaturas das trevas.