2 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Bolsonaro conversa com apoiadores ao lado jogador homofóbico Maurício Souza

Atleta “cancelado” segue o caminho clássico de um bolsonarista que entra para a política

Na manhã de hoje (22), o presidente Jair Bolsonaro esteve acompanhado do jogador de vôlei Maurício Souza, que foi dispensado pelo Minas Tênis Clube no fim de outubro em razão de suas postagens homofóbicas.

Em 12 de outubro, o atleta, um homem já crescido, criticou a história em quadrinhos do novo Super-Homem, na qual há um beijo entre o personagem e outro homem.

Leia mais: Douglas Souza responde postagem homofóbica de Mauricio Souza, colega da seleção de vôlei

Dois meses depois, o atleta “cancelado”, que saltou de 250 mil seguidores para mais de 2,7 milhões em seu perfil no Instagram, segue o caminho clássico de um bolsonarista. E tem tudo para concorrer nas próximas eleições, seja como deputado estadual ou federal.

Apoio presidencial, ele já tem. “Alguém conhece esse cara aqui?”, perguntou Bolsonaro quando Maurício abriu a porta e saiu do carro para delírio do cercadinho.

De certo sobre o cancelamento, uma coisa é certa: no mínimo, a pessoa fica reclusa apenas ao público de pensamentos semelhantes iguais ao seu. E de homofóbicos, o mundo do bolsonarismo está cheio.