21 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Economia

Bolsonaro promete projeto que libera R$ 60 bi a estados e municípios

Antes de reunião, Bolsonaro criticou governadores dizendo que “povo terá que sentir na pele”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que vai sancionar o projeto que libera socorro financeiro de R$ 60 bilhões a estados e municípios em decorrência da pandemia do coronavírus.

O anúncio foi feito durante uma reunião entre Bolsonaro e os governadores, realizada por videoconferência. O encontro teve clima amistoso e indica uma possível trégua na sucessão de atritos entre o mandatário e chefes de Executivo estadual.

Bolsonaro trava uma guerra com governadores e prefeitos devido a divergências em relação ao enfrentamento dos impactos do coronavírus. O presidente quer a flexibilização da quarentena, e os rivais continuam a defender a necessidade de medidas restritivas.

Após a reunião, auxiliares de governadores do Sudeste disseram que o resultado foi positivo porque representaria, em tese, um ponto de inflexão na relação entre as partes. Destacaram, no entanto, que o presidente não se comprometeu com prazos para liberação da ajuda financeira.

O montante de R$ 125 bi é dividido em duas partes: R$ 60 bi são transferência direta de dinheiro da União e outros R$ 65 bi, relativos a suspensão de pagamento de dívidas.

Na pele

Entretanto, antes da reunião, o presidente disse que a população vai ter que “sentir na pele quem são essas pessoas”. Claro, sem mencionar nomes, mas se referindo aos governadores dos estados.

“Imaginem uma pessoa do nível dessas autoridades estaduais na Presidência da República. O que teria acontecido com o Brasil já. Vocês vão ter que sentir um pouco mais na pele quem são essas pessoas para, juntos, a gente mudar o Brasil. Mudar à luz da Constituição, da lei, da ordem”. Jair Bolsonaro, em rápida conversa com apoiadores na portaria do Palácio da Alvorada.