9 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Bolsonaro propõe em PEC acabar com pisos de investimentos na educação e saúde

Senador do Podemos diz que proposta é escandalosa e um descaso com o futuro do País

Bolsonaro contra os investimentos em educação e saúde no Brasil

O senador Flávio Arns (Podemos-PR), que foi relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) que ampliou o fundo da educação básica (Fundeb), fez duras críticas à proposta de dar fim à obrigação de gastos mínimos com saúde e educação.

Em uma minuta – versão ainda não finalizada – da PEC Emergencial, há previsão da desvinculação dessas áreas em momentos de crise fiscal. A PEC tem previsão de votação no Senado na quinta-feira (25) e dá o arcabouço fiscal para o retorno do auxílio emergencial.

A deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), presidente da frente da educação e que foi relatora do novo Fundeb na Câmara, disse que a desvinculação tem poucas chances de ser aprovada no Senado e, caso isso aconteça, ela afirmou que o clima na Câmara é de ampla rejeição à ideia.