27 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Esportes

Brasil chega nas semis da Copa América com SBT perdendo para a Globo em todos os jogos

Somente o Jornal Nacional teve quase o triplo da audiência, enquanto que a novela Império impôs o dobro de diferença

Em campo, a Seleção Brasileira do técnico Tite garantiu sua vaga na semifinal da Copa América. Em partida realizada na noite desta sexta (2), o Brasil venceu o Chile pelo placar mínimo de 1 a 0, com gol de Lucas Paquetá, no início do 2º tempo.

A situação podia ter ficado pior para a seleção canarinho, pois logo no lance seguinte, de forma imprudente, Gabriel Jesus foi expulso depois de chutar um adversário. Olhando para a bola, ele saltou com um chute para fazer o domínio, acertando apenas a voadora em Mena.

Daí, até o final da partida, foi o Brasil se controlar com um homem a menos para garantir a vitória. Com a vitória, a seleção brasileira enfrenta o Peru, que passou pelo Paraguai nos pênaltis, após empate por 3 a 3 no tempo normal.

O jogo será disputado segunda-feira, às 20h, e será mais uma oportunidade para o SBT tentar desbancar a Rede Globo na audiência. Apesar de ter os direitos dos jogos, a emissora de Sílvio Santos não superou a carioca em nenhuma das 5 partidas que exibiu.

Audiência

Ontem, a Globo prolongou novamente o capítulo da novela ‘Império’ e impediu o crescimento da concorrente. Segundo números de São Paulo, o jogo Copa América garantiu 11,5 pontos de média e 14,8 de pico para o SBT.

Por outro lado, somada ao ‘Jornal Nacional’, que venceu Neymar e companhia por 25 a 9 na faixa das 20h42 às 21h31, o estendido capítulo de ‘Império’ fez a Globo desbancar o SBT com média de 24,4 pontos na pesquisa preliminar. A Globo também venceu no Rio, mas com margem maior ainda.

Confirmada pelo governo brasileiro com tratativa em tempo recorde que nem se comparam com a negociação de 9 meses com a Pfizer para compra de vacinas, a Copa América sediada no Brasil e com transmissão do SBT é um fato comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro, que chegou a trajar a camisa do Brusque, patrocinada pela Havan.