28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Esportes

Brasil goleia o Paraguai e time coloca boas dúvidas sobre quem Tite vai levar pra Copa

Rodadas finais estão marcadas para os dias 24 e 29 de março. O Brasil enfrenta o Chile na Arena Fonte Nova e a Bolívia fora de casa

A seleção brasileira goleou o Paraguai por 4 a 0 na noite de hoje (1), no Mineirão. O jogo valeu pela 16ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar e teve gols marcados por Raphinha, Philippe Coutinho, Antony e Rodrygo.

Escalado com uma formação ofensiva, que tinha apenas Fabinho como volante, Daniel Alves mais adiantado que o normal para um lateral-direito e cinco jogadores de meio e ataque, o Brasil dominou as ações do início ao fim e venceu com autoridade.

O primeiro gol do Brasil saiu aos 27 minutos do primeiro tempo. Do campo de defesa, Marquinhos acertou lançamento preciso para Raphinha, que dominou já dentro da área do Paraguai e bateu de pé esquerdo no canto para abrir o placar — desta vez, valeu.

O segundo saiu aos 16 minutos da etapa complementar. Novamente preciso e inteligente, Marquinhos deu um passe rasante que atravessou a defesa do Paraguai e encontrou Philippe Coutinho com marcação frouxa. O meia dominou, ajeitou o corpo, escolheu o canto e soltou o pé sem defesa para o goleiro adversário.

As mexidas de Tite não baixaram a guarda da seleção. Quem entrou estava com apetite. O combalido Paraguai já estava nocauteado e viu Antony acertar um belo chute de canhota que deixou o goleiro quase inerte aos 40 minutos. O meia-atacante do Ajax, inclusive, estava naquele momento na faixa direita do campo, apesar de ter substituído Vini Jr. na ponta esquerda.

Ainda deu tempo de mais um garoto chamado por Tite fazer seu gol pela seleção: a triangulação em velocidade na área resultou na finalização de Rodrygo para o fundo da rede, aos 43. Goleada com autoridade.

A seleção chega a 39 pontos na liderança das Eliminatórias e mantém a perseguição à marca de melhor campanha da história: é preciso de quatro pontos nos dois jogos finais para isso.

As rodadas finais estão marcadas para os dias 24 e 29 de março. O Brasil enfrenta o Chile na Arena Fonte Nova e a Bolívia fora de casa.