15 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

BRK inicia primeira grande obra da concessão na Região Metropolitana de Maceió

Barra de São Miguel é o primeiro dos 13 municípios a receber obras estruturantes para a universalização dos serviços de esgotamento sanitário

Barra de São Miguel-1

A partir desta quarta-feira (27), a BRK avança para uma nova fase do projeto de concessão na Região Metropolitana de Maceió, com a mobilização da primeira grande obra estruturante.

A empresa inicia a expansão da infraestrutura de saneamento com as obras de esgotamento sanitário da Barra de São Miguel, município que atualmente tem apenas 46% da população atendida com redes de esgoto.

Se o primeiro ano de atuação teve como foco intensificar as ações de contingência para atender a uma demanda reprimida, estruturar o funcionamento dos sistemas dos 13 municípios e iniciar a modernização dos ativos existentes, a partir de agora a empresa começa a investir na ampliação dos serviços até a universalização do acesso à água potável e ao esgoto tratado – metas contratuais.

Neste primeiro momento, serão implantados 33 km de novas redes coletoras de esgoto em quase a totalidade do município de Barra de São Miguel, que será o primeiro do bloco de concessão a iniciar o processo de universalização dos serviços de esgotamento sanitário.

Após essa etapa, que terá duração de 12 meses, a BRK seguirá com a construção de sete Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs), além da recuperação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Barra de São Miguel, atualmente desativada.

De acordo com o gerente de Engenharia da BRK em Alagoas, Heitor Mendonça, as obras vão gerar um total de 140 empregos na região, priorizando a mão-de-obra local. Até o momento, já foram contratados 68 funcionários alagoanos, dos quais 19 são barrenses.

“A expansão dos serviços de esgotamento sanitário da Barra de São Miguel representa o pontapé inicial de um extenso cronograma de obras estruturantes, que beneficiarão toda a população dos 13 municípios atendidos pela BRK. Do ponto de vista econômico, a execução das obras previstas no projeto de concessão movimentará diversos segmentos, além de gerar mais de 1500 empregos”.

A previsão é que a segunda obra estruturante seja iniciada ainda este ano, em Maceió. Ao todo, serão construídas 13 ETEs na Região Metropolitana, além da reforma do Emissário Submarino da BRK, na capital, que já foi iniciada. O projeto conta ainda com a implantação de mais 1.326 km de redes e beneficiará, no total, 800 mil pessoas até 2027.

Ganhos no turismo

O saneamento é o ponto de partida para o desenvolvimento socioeconômico de uma região e tem impacto direto em setores como saúde, meio ambiente e educação.

Em municípios turísticos como a Barra de São Miguel, a universalização dos serviços de esgotamento sanitário impulsiona a competitividade do destino e a valorização dos imóveis, além de aumentar a renda dos trabalhadores do setor, gerar lucro para os empresários e maior recolhimento de impostos para o poder público.

Obras

A execução dos serviços na Barra de São Miguel é realizada junto à Passarelli, empresa contratada pela BRK. As obras têm início nesta quarta-feira (27) nas ruas Piaçava, Cactos e Massaranduba. A previsão é que, até o fim do mês de agosto, a implantação dos coletores-tronco seja realizada em 20 ruas.