24 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Caixa abandonada com 5 gatos recém-nascidos mostra importância da lei de maus-tratos contra animais

Animais foram resgatados por moradora que testemunhou abandono e agora aguardam serem adotados

Uma moradora em um bloco no Santo Eduardo, em Maceió, flagrou nesta semana uma ação que mostrou a importância e necessidade do aumento da punição às pessoas que praticam maus-tratos contra animais.

Nesta terça (29), uma moradora, que pediu para não ser identificada, viu de seu apartamento um carro estacionando no terreno vizinho. O motorista deixou lá uma caixa de papelão e ela o lembrou que lá não era lugar de colocar lixo. Alertado, o homem foi embora.

“Alguma coisa me fez querer ir olhar aquela caixa. Seis minutos depois, desci e quando abri a caixa, estavam lá cinco gatinhos”. Moradora.

Os animais, recém nascidos, haviam sido abandonados contra a própria sorte. E o mau-trato ou abandono de animais é um ato criminoso, que teve sua pena ampliada nesta semana.

O que antes implicava em uma pena de detenção, de três meses a um ano, e multa, agora impões de dois a cinco anos de prisão, além de multa e proibição de guarda.

O projeto já sancionado altera a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para criar um item específico para cães e gatos, que são os animais domésticos mais comuns e principais vítimas desse tipo de crime.

A moradora conseguiu com uma amiga uma gata mãe de leite. Os cinco se juntaram aos seis filhotes que a gata teve recentemente.

Ficarão lá até crescerem mais um pouco e estarem aptos para adoção.

One Comment

  • Avatar Claudia Lima

    Que sirva de alerta para essas pessoas que maltratam e abandonam animais, agora o tempo de reclusão será maior e com fica com “ficha suja” .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.