29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Catunda cobra exoneração de diretor de RH sem formação escolar

Vereador classificou de imoral e ilegal a manutenção Amaury no cargo

O vereador João Catunda criticou, na sessão desta terça-feira (22), a manutenção do vereador de Ibateguara Amaury no cargo de diretor de Recursos Humanos da Companhia de Recursos Humanos e Patrimônio de Maceió (Comarhp), após a comprovação de que ele só tem o ensino fundamental incompleto. Amaury é vereador de Ibateguara e amigo do prefeito JHC.

“É imoral, ilegal e desrespeitoso com quem estudou bastante para exercer a função”.

Catunda ainda rebateu as críticas de que teria atacado o vereador Amaury.

“As ofensas pessoais só partiram dele. Quanto à minha obrigação de fiscalizar, só me cabe cobrar a exoneração imediata dele e pedir respeito dele e do prefeito JHC ao povo de Maceió e de Ibateguara”.

Catunda ainda condenou o líder do governo, Siderlane Mendonça, por mau uso da verba indenizatória.

“Não pode reclamar da minha atuação, como vereador independente, um líder do governo que usa a verba de gabinete para comprar chocolate kit kat, chiclete e para pagar rodízio de pizza no fim de semana”, declarou Catunda em resposta às intimidações que vêm sofrendo por parte de grupo ligado ao prefeito de Maceió, JHC (PSB).