26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Policia

Cinco pessoas são presas por fraude no concurso da Polícia Civil de Alagoas

Um candidato de Alagoas e quatro de Pernambuco foram flagrados com pontos de escuta eletrônica

A Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) prendeu uma pessoa em Alagoas e mais quatro em Pernambuco. Todos são suspeitos de fraudar o concurso público da Polícia Civil de Alagoas. A ação deste domingo (29) contou com apoio da Polícia Civil de Pernambuco.

A organização criminosa, segundo o coordenador da Deic, delegado Gustavo Xavier, tentou de forma fraudulenta o ingresso em carreira pública utilizando pontos eletrônicos durante a realização do certame.

Ainda não está descartado o envolvimento de outras pessoas. O foco da investigação é buscar por mais envolvidos no crime, além dos cinco que foram flagrante com os materiais nos ouvidos.

Em Alagoas, a detenção aconteceu na sede da Deic, em Santa Amélia. Os quatro pernambucanos presos foram autuados no estado vizinho.

Concurso

Mais de 43 mil candidatos fizeram as provas do concurso da Polícia Civil de Alagoas na tarde desse domingo (29), quee faz parte do Ciclo de Concursos do Governo e oferta 500 vagas divididas entre os cargos de escrivão (132) e agente de polícia (368).

Organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), o processo também teve provas aplicadas em outros dois estados devido às restrições determinadas pela pandemia de Covid-19. Os candidatos residentes em Sergipe fizeram a prova em Aracaju, assim como os residentes em Pernambuco participaram do processo seletivo em Recife.