20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

CLP: Alagoas é o estado do Brasil que mais cresceu nos últimos 5 anos

Unidade federativa é a vencedora do prêmio Destaque Crescimento, entregue na 10ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados

Secretário de Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos, no momento em que recebe o prêmio, em São Paulo: Foto: Márcio Ferreira

Consolidando uma série de avanços nos últimos anos, Alagoas venceu, nesta quinta-feira (30), o prêmio de Destaque Crescimento na 10ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados. A premiação, entregue em São Paulo, pelo Centro de Liderança Pública (CLP), mostra que o que o Estado subiu duas posições em 2021 e foi o que mais avançou no posicionamento geral do ranking ao longo dos últimos anos.

Para se ter uma noção dessa trajetória, no ano de 2016, Alagoas ocupava o último lugar entre os estados do Brasil. Hoje, figura na 13º posição, subindo dois postos em relação ao ano passado e sendo mais bem avaliado que a média nacional. Entre 16 estados do Norte e Nordeste, o Alagoas alcança o 3º lugar no ranking, ficando atrás apenas do Ceará e do Amazonas.

“Nas primeiras cinco edições do Ranking, Alagoas foi o lanterna, sempre esteve na última posição. No início do governo Renan Filho, ele tomou a decisão de pautar as políticas públicas com base em evidências. Estamos trabalhando com esse levantamento desde 2016 e Alagoas vem evoluindo. Agora, pela primeira vez, estamos superando a mediana Brasil. Esperamos que até a publicação do Ranking de 2023, consigamos disputar a primeira posição entre todos os estados do Norte e Nordeste”. Fabrício Marques Santos, secretário titular do Planejamento e Gestão do Estado.

O crescimento sustentável só foi possível graças aos diversos investimentos feitos pelo Estado em áreas estratégicas ao longo desta gestão. Na de Segurança Pública, por exemplo, o bom desempenho em indicadores como taxa de homicídio, mortes a esclarecer, mortalidade no trânsito e na qualidade da informação sobre criminalidade foram significativos para o resultado.

O mesmo acontece com o pilar de Infraestrutura, impulsionado principalmente pela qualidade nas rodovias, ligado aos projetos de duplicação que também marcam esse período.

O trabalho feito em torno do pilar Solidez Fiscal também teve impacto sobre o reposicionamento de Alagoas. Hoje, o estado tem uma das maiores taxas de investimentos com recursos próprios, além de uma poupança corrente maior que a média nacional.

Além disso, os investimentos em políticas públicas de promoção de reduções nas taxas de mortalidade materna, infantil e precoce também foram essenciais para o desempenho alagoano em relação ao dos demais.

“Esse prêmio representa muito do trabalho integrado que toda a equipe do Governo de Alagoas tem tocado. São diversas áreas alinhadas em projetos de impacto e que vêm transformando a vida, o dia a dia do povo alagoano. É um orgulho para a administração pública porque mostra, em dados, o quanto essa integração tem trazido resultados para quem mais precisa”. Fabrício Marques Santos.