20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

CNN americana diz que Brasil está sem vacinas, sem liderança e pandemia sem fim

Correspondente Matt Rivers diz que o País virou uma ameaça global

Jornalista americano Matt Rivers faz a cobertura da Covid no Brasil

Um correspondente do canal norte-americano CNN que está no Rio de Janeiro descreveu, em uma análise publicada no site do veículo neste sábado, 20, o drama que o Brasil vive em função do avanço da COVID-19, classificando o país como uma “ameaça global”.

O artigo, assinado pelo jornalista Matt Rivers, diz que o Brasil está “sem vacinas”, “sem liderança” e que a pandemia está “sem fim à vista”

Matt destacou que alguns estados tentam controlar o avanço do coronavírus impondo medidas de restrição duras, como a adoção do toque de recolher no período noturno, mas que governadores estão lutando, também, contra a liderança federal – ou a falta dela -, descreveu o profissional.
Matt destacou que o Presidente Jair Bolsonaro zombou da eficácia das vacinas e que ainda não tomou nenhuma dose, pelo menos publicamente. O jornalista citou, em sua análise, que o presidente ingressou com ações no Supremo Tribunal Federal (STF) contra restrições adotadas por governadores no Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Bahia.
“Apesar de milhares de pessoas morrerem por causa do vírus a cada dia, ele (Bolsonaro) afirma que a verdadeira ameaça vem dos danos econômicos que as restrições provocadas pelo vírus podem impor”, disse o jornalista em sua análise.

Vacinação no Brasil

Rivers descreveu um momento em que acompanhou uma filha que levava a mãe para vacinar no Rio de Janeiro. De acordo com o jornalista, elas tinham ido em busca das doses por duas vezes, sem sucesso. Na ocasião em que o norte-americano acompanhou as brasileiras até a clínica, ele presenciou as duas saindo sem conseguir a imunização.