26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Collor debocha de atos do MBL, Vem Pra Rua e Partido Novo pelo Twitter

Atos dos segmentos de direita que romperam com Bolsonaro tiveram pouca adesão

Collor e Bolsonaro “os novos amigos de infância

No mês em que se completam 29 anos da abertura de seu processo de impeachment na Câmara, o ex-presidente Fernando Collor ironizou os atos pelo afastamento de Jair Bolsonaro realizados neste domingo (12) em pelo menos 15 capitais.

O senador que se tornou “o mais novo amigo de infância de Bolsonaro” escreveu uma série de tuítes ridicularizando o número de pessoas que participaram dos protestos, convocados pelo MBL, pelo Vem pra Rua e o Partido Novo, todos do segmento de direita.

“O que está acontecendo hoje em Brasília? Fazia tempo que não via o trânsito tão bom”, escreveu. “Acabei de escutar no rádio… tem mais vendedor ambulante que manifestante, no momento.” Ironizou Collor no Twitter.

No último Sete de Setembro Collor publicou vídeo de apoio a Bolsonaro, vestindo uma camisa amarela da seleção brasileira. Os atos deste domingo, que não tiveram o apoio de partidos da esquerda, como PT e Psol, reuniram número bem inferior de pessoas na comparação com o registrado no feriado da Independência.

A esquerda, a esquerda, no entanto, convocou seus atos de protestos contra o governo Bolsonaro para os dias  2 de outubro e 15 de novembro.