26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Mundo

Colômbia elege seu 1º presidente de esquerda; Lula elogia e Bolsonaro se silencia

Gustavo Petro venceu uma acirrada disputa no 2º turno, com 50,44% dos votos, contra o populista de direita Rodolfo Hernández

A Colômbia decidiu neste domingo (19), em votação de segundo turno, seu novo presidente pelos próximos anos. Com 100% das urnas apuradas, o candidato de esquerda e ex-guerrilheiro Gustavo Petro venceu, com 50,44% dos votos, a disputa contra o populista Rodolfo Hernández, que alcançou 47,31%.

É a primeira vez que a esquerda chega à presidência da Colômbia. A Colômbia também terá pela primeira vez em sua história uma vice-presidente negra, a advogada e ambientalista Francia Elena Márquez Mina. Francia, de 40 anos, é companheira de chapa de Gustavo Petro.

No primeiro turno, Petro — que é do partido Coalizão Pacto Histórico — venceu com 40,3% dos votos, 12 pontos percentuais de vantagem sobre o milionário Hernández (28,2%), da Liga de Governantes Anticorrupção.

“A partir de hoje a Colômbia muda, uma mudança real que nos leva a algumas propostas que fizemos destas praças: a política do amor (…), uma política do entendimento e do diálogo”. Petro.

Além do primeiro presidente de esquerda, a Colômbia terá pela primeira vez em sua história uma vice-presidente negra, a advogada e ambientalista Francia Elena Márquez Mina, da chapa de Gustavo Petro. A chapa assumirá o governo no dia 7 de agosto para um mandato de quatro anos.

Congratulações

A eleição do senador e ex-guerrilheiro Gustavo Petro como primeiro presidente da esquerda da Colômbia gerou reações imediatas de alegria entre os dirigentes latino-americanos que compartilham da mesma orientação ideológica.

Ao contrário do petista Lula, O presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PL) não se pronunciou sobre a vitória do esquerdista:

Nicolás Maduro, presidente de Venezuela:

“Cumprimento Gustavo Petro e Francia Márquez pela vitória histórica nas eleições presidenciais da Colômbia. Foi ouvida a vontade do povo colombiano, que saiu para defender o caminho da democracia e da paz. Novos tempos se aproximam para este país irmão.”

Andrés Manuel López Obrador, presidente do México:

“A vitória de Gustavo Petro é histórica. Os conservadores da Colômbia têm sido tenazes e duros. O escritor José María Vargas Vila relatava que os ditadores do seu país ‘molhavam em água benta seu punhal antes de matar’.”

Gabriel Boric, presidente do Chile:

“Acabo de falar com @petrogustavo para cumprimentá-lo por sua vitória na presidência da Colômbia junto com @FranciaMarquezM. Alegria para a América Latina! Trabalharemos juntos pela unidade do nosso continente nos desafios de um mundo que muda velozmente. Sigamos!”

Alberto Fernández, presidente de Argentina:

“Me enche de alegria a vitória obtida @petrogustavo e @FranciaMarquezM e com o qual termina o processo eleitoral na Colômbia. Acabo de transmitir ao presidente eleito meus parabéns pela confiança que o povo depositou nele. Sua vitória convalida a democracia e assegura o caminho para uma América Latina integrada neste tempo que exige de nós a máxima solidariedade entre povos irmãos.”

Josep Borrell, chefe da diplomacia da União Europeia:

“Cumprimento @petrogustavo por sua eleição como o próximo Presidente da #Colombia. A Colômbia é um sócio fundamental para a UE. Conte com a União Europeia para seguir fortalecendo nossas relações”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.