26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Esportes

Com gol no fim, Corinthians supera São Paulo e é tri Paulista

Conquista leva o Coringão ao quarto tricampeonato de sua história e o 30º título paulista no total

Gol do título
Foto: Daniel Augusto J/Agência Corinthians

2017 e 2018, 2019: o Corinthians conquistou o título do Paulistão mais uma vez, com um tricampeonato na tarde deste domingo, com uma vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, na final disputada na Arena Corinthians.

Após o primeiro tempo terminar empatado, com gols de Danilo Avelar e Antony, a partida só foi decidida aos 43 do segundo tempo, quando Vagner Love marcou o gol do título.

A conquista leva o Corinthians ao quarto tricampeonato de sua história e o 30º título paulista no total. O São Paulo perdeu a chance de encerrar um jejum de 14 anos sem vencer o estadual e de sete sem conquistar nenhum título.

2 a 1

São Paulo e Corinthians buscavam abrir o placar, mas estavam nervosas. Foram precisos 30 minutos para o Corinthians, com Ralf ajeitar de cabeça para Danielo Avalar, também de cabeça, mandou para a rede após cobrança de escanteio. E o primeiro tempo quase terminou com um placar ampliado, com Fagner parando em boa defesa de Volpi.

Melhor para o São Paulo, que aos 47 encontrou o empate em contra-ataque. O tricolor chegou rápido ao campo de defesa corintiano, Antony ficou com a bola após interceptação de Ralf e bateu com qualidade para empatar o jogo.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com Hernanes no lugar de Everton Felipe, com bastante liberdade no ataque, sem muita obrigação de marcação. Os primeiros minutos tiveram um ligeiro domínio dos são-paulinos, mas os dois times demonstravam muita dificuldade em criar jogadas de perigo. Era muito receio em se abrir demais.

Os goleiros Tiago Volpi e Cássio pouco participaram do jogo no segundo tempo, até que em um lance de rara felicidade, o Itaquera explodiu de alegria. Aos 43 minutos, Sornoza recebeu de Boselli perto do meio de campo e mandou um lindo lançamento. A bola encontrou Vagner de Love, que bateu de primeira para marcar o gol do título.

Os jogadores do São Paulo deixaram o gramado da Arena Corinthians lamentando a perda do título, muitos deles chorando, mas fizeram questão de destacar a vontade e a dedicação dos atletas na decisão perdida para os corintianos.

Com alguns nervosos e outros desolados, os atletas decidiram ir para os vestiários logo após o apito final, antes mesmo da premiação.

O grupo havia decidido não participar da cerimônia de premiação, até que Raí, executivo de futebol tricolor, foi falar com o elenco e o trouxe de volta para o gramado.

Choro na final
Luan precisou ser consolado pelo técnico Cuca