29 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Com medo de pegar Covid-19, prefeito de Branquinha se afasta: “Doença muito perigosa”

Jairinho Maia, de 31 anos, já havia decidido cortar metade do salário dos servidores, no início de maio, por conta da pandemia

Jairinho Maia, em postagem nas suas redes sociais, no mês passado

Jairinho Maia (PSDB), prefeito do município de Branquinha, justificou ter se afastado da prefeitura do município alagoano, 68 km distante da Capital Maceió. Segundo a Coluna Labafero, do Cada Minuto, o motivo é o aumento no número de casos de covid-19:

“Estou aqui para explicar a vocês qual foi o motivo do meu afastamento do município que foi essa doença, a covid-19. Uma doença muito perigosa”. Jairinho Maia, prefeito de Branquinha.

Segundo o boletim mais recente, Branquinha, cidade de pouco mais de 10 mil habitantes, tem 85 casos confirmados e três óbitos nesta pandemia. Mas a falta de fiscalização nas barreiras sanitárias e, mais importante, a falta de água, pode agravar a situação.

Em contraste, o prefeito prometia estar junto da população nestes momentos difícieis:

Corte de salários

Jairinho Maia, de 31 anos, é o mesmo prefeito que, em maio desse ano, cortou pela metade o salário dos servidores municipais. A medida antecipava a crise econômica que abalaria a cidade.

“Neste momento em combate ao vírus, a gestão pede a compreensão de todos e reafirma o seu compromisso de melhor servir a população, primando pela qualidade de vida e segurança de seus cidadãos. Estamos juntos. Isso irá passar!” Jairinho Maia, nas redes sociais, em maio.

À época, em anúncio nas suas redes sociais, ele também informou que seu salário foi cortado em 50%. Já para o do vice-prefeito da cidade houve uma abatimento de 30%.

 

Ver essa foto no Instagram

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO!

Uma publicação compartilhada por Jairinho Maia (@jairinhomaia_) em