22 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Com praias lotadas, Alagoas registra mais 989 casos e 27 óbitos por covid-19 no feriadão

Pandemia não acabou e nem mesmo uma cura foi confirmada, mas houve aglomerações e poucos usavam máscaras

A comemoração da Independência do Brasil nesta segunda-feira, 7 de setembro, proporcionou um feriadão de muito sol e, invariavelmente, praias lotadas no feriadão de Alagoas. Tudo o que um período de pandemia não exigia.

Somente neste feriadão, entre a sexta (5) e a segunda, foram confirmados mais 989 casos de covid-19 e 27 confirmações de óbitos. É importante salientar não são dos dias em que ocorreram, mas da confirmação do teste em laboratórios.

É preciso levar em conta o período de incubação do novo coronavírus no corpo infectado e o período de contaminação. Portanto, ainda que pareça ser um número baixo se comparado semanas atrás, onde isso ocorria diariamente, as aglomerações no feriadão foram preocupantes.

Boa parte da população parece não se importar mais: sem máscaras, sem distanciamento, uma completa despreocupação com a realidade. Ainda não há cura, ainda não há uma vacina ideal, ainda não é seguro. Mas as pessoas foram às praias, aos montes. Em Alagoas e em todo o Brasil.

Trecho da orla na Ponta Verde, Maceió, onde raras pessoas estavam com máscaras

Ruim para quem respeita as recomendações e deve ficar de castigo por mais um tempo, diante da inevitável segunda onda – se é que saímos da primeira. Pior, muito pior para os que serão atingidos pela enfermidade, seja os que curtem despreocupadamente, seja os que vão ser atingidos de forma passiva, mesmo fazendo de tudo para serem infectados.

A pandemia, infelizmente, ainda não acabou.

Covid-19 em Alagoas

Segundo os números mais recentes, Alagoas tem um total de 80.786 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 2.391 estão em isolamento domiciliar e 75 internados em leitos públicos e privados.

Outros 76.382 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 3.707 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais seis mortes em território alagoano.

Com isso, Alagoas tem 1.936 óbitos por Covid-19.

One Comment

  • Avatar Everane Monte

    Usem a cloroquina aos primeiros sintomas não só a azitromicina ou, pior, dar Dipirona e mandar voltar só quando piorar, é o que vêm fazendo, em Pernambuco é assim, como aqui em Alagoas liberem a cloroquina, ela salva vidas quando usada na 1a fase da doença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.