13 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

Considerado e o chiqueiro do Bozo com ouro em barra, segundo a Cega Dedé

Ou a discussão em família sobre a origem hebraica do ex-ministro da Educação

Weintraub ataca o chiqueiro comandado pelo ex-patrão

Considerado senta-se à mesa para tomar uma jarra de vitamina de abacate, mas de olhos grudados no celular. Sua tarefa é acompanhar as redes sociais e os sites de sua preferência. Em determinado momento faz uma zoada que assusta a vó Nildinha e a atenta Cega Dedé.

Isso depois de arregalar os olhos na leitura de um Twitter. E aí lascou a exclamação: “Eita porra!”

-Que é isso seu desnaturado? – Recrimina a avó, mas também curiosa para saber o que ele viu de interessante no celular.

Ele então de sorriso aberto responde: -É aquele ex-ministro da Educação de nome estranho, vó. O tal de Abrahão…

-Abrahão, não, seu desmiolado. O nome dele é Abraham Weintraub. Trata-se de  um nome de origem hebraica. – Reagiu Nildinha exibindo seu saber de professora aposentada.  Ainda assim quis saber do que se tratava toda algazarra: – O que tem ele, Considerado?

-O cara está na Folha de S. Paulo descendo a lenha no bozo, o ex-patrão dele. Vou fazer a leitura para vocês. Diz o hebraico:

Uma pessoa honesta não anda abraçada com o Collor, gente. Uma pessoa honesta não anda abraçada com o Arruda [ex-governador do DF]. Não anda abraçado com essa súcia de que ele se cercou. Se você estiver num chiqueiro, não vai encontrar ganso; vai encontrar porco. Bolsonaro podia ter escolhido vários caminhos, ele escolheu o caminho do chiqueiro. Se ele escolheu o caminho do chiqueiro, ele é porco. Não tem outra explicação pra isso.

Foi aí que a Cega Dedé fechou a conversa:

-Vai ver que há ouro em barra nesse chiqueiro…