27 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Expresso

Covid-19: Casal morre após recusar vacina e deixa 4 filhos

Antes de ser intubada, mulher pediu tarde demais para ser imunizada, mas insistiu que vacinassem seus filhos

A pandemia da Covid-19 está começando a perder o controle novamente nos Estados Unidos. Até há vacina para todos, mas boa parte da população segue recusando a medida por “não acreditar” na eficácia do imunizante. E foi o caso de um casal do Texas, que morreu deixando quatro filhos.

Lawrence e Lydia Rodriquez foram internados em julho em um hospital de La Marque. Após mais de três semanas hospitalizado, ele morreu no dia 3 de agosto. Com complicações que afetaram seu rim, Lydia morreu na manhã da última quarta-feira (17).

Quando foi internada na UTI, a mulher pediu para ser vacinada, mas os médicos disseram que não havia mais tempo. “Antes de ser intubada, uma das últimas coisas que ela disse à irmã foi ‘por favor, certifique-se de que meus filhos sejam vacinados'”, disse Dottie Jones, prima dela.

Foi Jones quem iniciou uma campanha no GoFundMe para ajudar os filhos a pagarem as despesas do hospital. Nos Estados Unidos não há sistema público e ser internado significa entrar em falência.

Até esta manhã, dos US$ 80 mil pedidos, as doações já haviam alcançado US$ 72.125. “Eles não acreditavam em vacinas. Você tenta falar com eles, e Lydia simplesmente não gosta disso, não confiava nisso, eu acho”, disse Dottie, em entrevista à TV.

Agora, a família tenta cuidar dos quatro filhos do casal — os gêmeos Nathan e Ethan, de 18 anos; Adam, de 16, e a filha Synphonia, de 11 anos — e ajudá-los a pagar as contas já que a família não tinha reserva financeira. Lydia era professora de piano, e Lawrence esgotou o prazo de férias remuneradas.

Segundo a CNN, uma pesquisa mostrou que 51% dos republicanos não querem ser vacinados, enquanto 83% dos democratas querem. Nos últimos seis meses, 99% dos que morreram de Covid-19 não tinham se vacinado. No país, 83% dos novos casos da doença são provocados pela variante Delta.