21 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Política

Covid-19: Chefe do Centro de Inteligência do Exército morre aos 53 anos

Sydrião integrou a missão humanitária enviada ao Líbano, chefiada pelo ex-presidente Michel Temer

O chefe do CIE (Centro de Inteligência do Exército), general de brigada Carlos Augusto Fecury Sydrião, que estava internado com covid-19, morreu nesta terça (8) aos 53 anos.

O CIE é um órgão de apoio direto ao comandante do Exército, Edson Pujol. Em nota, a Secretaria-Geral da força lamentou a morte de Sydrião e informou que “o corpo será cremado em cerimônia restrita aos familiares” no município de Valparaíso de Goiás (GO). A causa da morte não foi oficialmente informada.

Amigos afirmaram que Sydrião estava internado com covid-19 há alguns dias. Ele tinha problemas cardíacos. Quando voltou do Paraguai, teve que fazer tratamento do coração e incluir uma ponte de safena.

Em nota, o Batalhão de Polícia do Exército de Brasília disse que os integrantes do grupo “se solidarizam com os amigos e familiares deste oficial”. “O general Sydrião deixa um grande legado de amor, amizade, camaradagem e profissionalismo.”

Em agosto Sydrião integrou a missão humanitária enviada ao Líbano, chefiada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB-SP). Este manifestou em nota condolências à família do militar, que deixou esposa e três filhos.

Natural de Fortaleza, ingressou nas Forças Armadas em 1985, aos 18 anos. O general foi adido militar no Paraguai, atuou no Nordeste e no Batalhão de Polícia do Exército.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.