26 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Esportes

CRB não sente a falta de Gamalho ganha por 3 a 1 e chega no G-4

Galo faz grande jogo em casa e Iago marca dois gols na partida

O atacante Iago Dias marca dois gols e coloca o galo no G-4

O CRB conquistou uma vitória maiúscula na noite desta sexta-feira, 02, ao aplicar 3 a 1 no Avaí, de Santa Catarina, coincidentemente o clube que tem as mesmas cores do arquirrival regatiano, o CSA.

A vitória se torna gigantesca por que, antes, todos os comentários diziam que o Galo era dependente dos gols do atacante Léo Gamalho, que deixou o clube e foi jogar no exterior. No jogo, os atletas em campo provaram que não.

O resultado deixou o CRB com 20 pontos e em quarto lugar. O Avaí vinha de duas vitórias seguidas, sobre o Cruzeiro e o rival Figueirense.

O jogo começou movimentado, com os dois times mostrando disposição ofensiva.

A primeira boa chance saiu do lado visitante. Após cruzamento rasteiro, a bola passou pelo goleiro Edson Marden e o gol acabou sendo salvo por Igor Cariús que entrou na frente de Pedro Castro, que iria concluir para as redes.

Mas o CRB abriu o placar aos 21 minutos. Reginaldo recebeu na direita e cruzou no meio da área, onde Iago subiu bem e desviou de cabeça com estilo no alto. A partir daí, o time alagoano se ajeitou em campo, passou a trocar passes com mais tranquilidade.

No segundo tempo, o CRB tratou logo de consolidar sua vitória. Fez o segundo gol aos 15 minutos. Luidy cruzou para Moacir que deu um corte no zagueiro e foi derrubado, em pênalti, mas a bola sobrou para o chute de Iago. A defesa catarinense ainda reclamou que o árbitro Dewson Freitas da Silva, do Pará, tinha apitado o pênalti. Mas ele confirmou o gol: 2 a 0.

Este gol tirou o Avaí do ar, tanto que o CRB ampliou aos 19 minutos. Diego Torres recebeu a bola fora da área, ajeitou e chute forte surpreendendo o goleiro Lucas Frigeri.

O Avaí até tentou ir para frente, mas sem esperança de virar o placar. Mesmo assim, o visitante diminuiu o placar aos 35 minutos. Valdívia cobrou escanteio e Rildo, no primeiro pau, tocou de calcanhar. Um belo gol, deixando o placar 3 a 1.

A esperança aumentou 46 minutos, quando Getúlio fez bela jogada pelo lado direito e no cruzamento a bola tocou no braço de Hugo, cometendo o pênalti. Mas a cobrança foi feia, com Rildo isolando a bola por cima do travessão já aos 47 minutos.

O CRB volta a campo agora na próxima terça-feira, às 17 horas contra o Confiança, em Aracaju, pela 14ª rodada. No mesmo dia, o Avaí recebe o Brasil de Pelotas-RS, a partir das 19h15, na Ressacada.

FICHA TÉCNICA:

CRB – Edson Mardden; Reginaldo, Gum, Reginaldo Junior e Igor (Hugo); Claudinei, Moacir e Diego Torres; Iago (Magno Cruz), Alisson Safira (Bill) e Pablo Diego (Luidy). Técnico: Marcelo do Cabo.

AVAÍ – Lucas Frigeri; Yuri (Ramon Pereira), Rafael Pereira, Airton e João Lucas (Valdívia); Ralf, Jean (Luan Silva) e Pedro Castro; Renatinho (Getúlio), Vinícius Jaú (Emerson Tucão) e Rildo. Técnico: Geninho.

GOLS – Iago, aos 21 do primeiro tempo. Iago, aos 15, Diego Torres, aos 19, e Rildo, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Dewson Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS – Reginaldo Júnior (CRB). Rafael Pereira, Airton e Jean (Avaí).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.