20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Esportes

CSA recebe o Brasil de Pelotas podendo confirmar acesso à Série A já nesta sexta

Azulão sobe se vencer e se Juventude tropeçar contra o Figueirense.

O CSA pode garantir, já nesta sexta-feira (22), uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro de 2021. O Azulão não depende só de si, mas precisa vencer o Brasil-RS às 19h15, no Rei Pelé, em Maceió, pela 37ª e penúltima rodada da Série B, para se manter no G4.

Com 56 pontos, um a mais do que o Juventude, quinto colocado, o CSA sobe se vencer e se o time de Caxias do Sul tropeçar contra o Figueirense.

O Azulão partiria para 59 pontos e 17 vitórias, enquanto os gaúchos ficariam com 56 pontos e 15 vitórias. Cumprindo tabela após empatar sem gols contra o América-MG, o time de Pelotas soma 48 pontos.

Em campo

O técnico Mozart Santos não terá o lateral Cedric, com lesão no tornozelo direito. Norberto, recuperado de contratura muscular, deverá assumir a vaga na direita.

Caso Norberto não reúna totais condições, o treinador pode improvisar Diego Renan na direita e colocar Rafinha na esquerda. Outro problema é o atacante Paulo Sérgio, suspenso. Pedro Júnior deverá ser o titular.

Assim, o provável time em campo seria Matheus Mendes; Diego Renan, Cléberson, Castán e Rafinha; Geovane, Yago e Nadson; Gabriel, Pimpão e Pedro Júnior.

Tabela

Na terceira colocação com 61 pontos, o Cuiabá precisa de um simples empate contra o Sampaio Corrêa na Arena Pantanal, às 21h30. Ao vencer o Paraná, por 2 a 0, o time do técnico Allan Aal garantiu o segundo triunfo seguido e o quinto jogo sem derrota. O Sampaio Corrêa também vem de duas vitórias seguidas depois do 1 a 0 sobre o Confiança e acumula 51 pontos, a cinco do G4.

Em Caxias do Sul, às 16 horas, o Juventude, derrotado pelo Avaí, por 5 a 2, terá que vencer o Figueirense para seguir na briga. O time do técnico Pintado, aliás, pode até mesmo recuperar o quarto lugar em caso de vitória e tropeço do CSA.

Já o Figueirense precisa da vitória para seguir na briga contra o rebaixamento. Os catarinenses, goleados pelo CRB, por 5 a 1, abrem a zona do descenso, no 17º lugar com 39 pontos, a três do primeiro rival fora da degola.