13 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Esportes

CSA sofre virada do Criciúma e segue na zona de rebaixamento da Série B

Tigre virou para cima do Azulão com dois gols de Marquinhos Gabriel, no outro jogo da noite paranaenses e mineiros ficaram no 0 a 0

Jogando fora de casa, o CSA perdeu de virada para o Criciúma, por 2 a 1, no estádio Heriberto Hulse na noite desta segunda (25), em jogo válido pela 20º rodada da Série B do Brasileirão.

O triunfo deixa o Criciúma com 27 pontos e na nona posição. Já o CSA segue na 17ª colocação, abrindo a zona de rebaixamento, com 20 pontos.

2 a 1

O duelo começou em ritmo acelerado no Heriberto Hulse. Antes dos cinco minutos de bola rolando, Lohan teve duas oportunidades de abrir o placar para o Tigre, a primeira tentativa passou por cima da meta e a segunda parou no goleiro adversário.

Do outro lado, o CSA precisou de uma chance para balançar as redes com Rodrigo Rodrigues, após cruzamento de Osvaldo. No embalo do gol, a equipe visitante quase ampliou o marcador com Osvaldo, aos nove, e Diego Renan, aos dez.

A partir daí, o ritmo da partida diminuiu. Já na marca dos 28, o Azulão passou a jogar com um a menos, depois que Wellington Nascimento recebeu o cartão vermelho. Em vantagem numérica, os mandantes pressionaram mais o ataque, mas não conseguiram levar o empate para o intervalo.

Depois das conversas nos vestiários, o CSA até teve a primeira chance do segundo tempo com Edson, aos dez. Mas foi o Tigre que tomou conta das ações nos minutos seguintes. E, aos 21, chegou ao empate com Marquinhos Gabriel, que aproveitou levantamento na medida de Hélder e cabeceou sem chances de defesa.

O camisa 10 do Tigre voltou a assustar, aos 27, só que dessa vez parou no goleiro adversário. Mas, cinco minutos depois, o meia teve mais uma chance de virar o placar e não desperdiçou: 2 a 1. Com no campo e no placar, o Tigre não teve problemas para segurar o resultado até o apito final.