28 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Esportes

Depois de grande vitória fora de casa, CSA recebe o Vasco da Gama em Maceió pela série B

Jogo contra o Vasco será na próxima quarta-feira

CSA conquista importante vitória fora de casa pela série B

O Azulão volta para Maceió neste inicio de semana com um novo ânimo no campeonato brasileiro da Série B. A vitória conquista no Paraná contra o Operário foi um grande feito da equipe.

Sob o comando do renomado técnico Ney Franco, o time azulino pulou da 14ª posição para a 11ª , o que representa uma boa fugida do entorno da zona de rebaixamento.
O jogo, pela 12ª rodada da competição não foi muito animado, a não ser pelos gols azulinos.  Na verdade, o jogo foi morno e estudado no primeiro tempo. O Operário, que já tinha vários desfalques, perdeu Pedro Ken, aos 11 minutos, machucado. Rafael Chorão entrou no seu lugar. Com muitos erros de passes, os dois times pouco produziram. Mesmo assim, o CSA conseguiu sair na frente.
Aos 40 minutos, Geovane recebeu de fora da área, ajeitou e mandou forte no canto direito do goleiro Simão. O gol acendeu o Operário, que tentou duas vezes no final do primeiro tempo, mas sem êxito.
O time paranaense voltou no segundo tempo pressionando, errando menos passes e utilizando mais pelas laterais. Com isso, chegou com mais objetividade ao ataque. Aos 14 minutos, Marcelo teve a chance do empate, mas o goleiro Thiago Rodrigues salvou o CSA.
Este lance, porém, foi o único. Com mais posse de bola, mas esbarrando da falta de qualidade e na pouca inspiração do seu ataque, o Operário não conseguiu buscar o empate. No final, sofreu o segundo gol. Aos 43, Reinaldo recebeu lançamento e bateu rasteiro no canto esquerdo do goleiro Simão.
Pela 13.ª rodada, na quarta-feira o CSA recebe o Vasco, no estádio Rei Pelé em Maceió (AL). O Operário-PR joga na quinta-feira contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis (SC)
OPERÁRIO 0X2 CSA
OPERÁRIO
Simão; Fábio Alemão, Reniê, Rodolfo Filemon e Silva; Leandro Vilela (Marcelo Santos), Rafael Oller (Thomas Bastos), Pedro Ken (Rafael Chorão) (Tibagi) e Marcelo; Rodrigo Pimpão e Schumacher
Técnico: Matheus Costa
CSA
Thiago Rodrigues; Yuri (Ewerthon), Matheus Felipe, Lucão e Kevyn; Geovane, Gabriel, Yago (Wellington) e Renato Cajá (Silas); Bruno Mota (Reinaldo) e Dellatorre (Aylon)
Técnico: Ney Franco
GOLS – Geovane, aos 40 minutos do primeiro tempo. Reinaldo, aos 43 minutos do segundo tempo