28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Desenvolvimento Sustentável encerra semana de educação ambiental em Maceió

Ações contemplaram os bairros Ponta Grossa, Benedito Bentes e Poço, no Reginaldo

Desenvolvimento Sustentável encerra semana de educação ambiental beneficiando mais de 2 mil pessoas
Desenvolvimento Sustentável encerra semana de educação ambiental beneficiando mais de 2 mil pessoas. Foto: Ascom Sudes
Com o objetivo de levar orientações sobre cuidados com o meio ambiente, a Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) enviou suas equipes para realizar ações de educação ambiental nos bairros Benedito Bentes, Ponta Grossa e Poço, no Vale do Reginaldo. As atividades se iniciaram na última segunda-feira (9) e beneficiaram mais de 2 mil maceioenses.

Três bairros da capital receberam a atividade. Foto: Ascom Sudes
Três bairros da capital receberam a atividade. Foto: Ascom Sudes

A iniciativa orientou os cidadãos sobre os equipamentos públicos disponibilizados pelo órgão para o descarte correto e sobre os malefícios causados pelo despejo inadequado do lixo.

Participaram da atividade cerca de 30 educadores, entre servidores da Sudes e jovens aprendizes da Viambiental e Naturalle, empresas encarregadas pela coleta domiciliar da capital, que realizaram visita porta a porta, orientando moradores e comerciantes.

Moradores disponibilizaram recicláveis para a destinação correta. Foto: Ascom Sudes
Moradores disponibilizaram recicláveis para a destinação correta. Foto: Ascom Sudes

Para a diretora de Planejamento e Serviços Especiais da Sudes, Kedyna Tavares, é importante que a população tenha conhecimento das formas corretas de descarte de resíduos.

“A educação ambiental, como o nome já diz, tem esse papel educativo, pois, muitas vezes as pessoas não sabem como agir em relação ao resíduo gerado. Por isso é importantíssimo tirar dúvidas e orientar a população com relação a isso”, disse Kedyna.

Moradores foram orientadores  sobre coleta domiciliar. Foto: Ascom Sudes
Moradores foram orientadores sobre coleta domiciliar. Foto: Ascom Sudes

Moradora do Benedito Bentes há mais de 35 anos, Maria Cícera, revelou que não conhecia os serviços disponibilizados pela Prefeitura.

“Eu já tenho o costume de separar meu lixo, mas não sabia sobre os dias em que a coleta passava, então às vezes a gente jogava o lixo e acabava que os cachorros rasgaram e espalhavam tudo pela rua”, contou.

Moradores conhecerem serviços da coleta de volumosos da Prefeitura. Foto: Ascom Sudes
Moradores conhecerem serviços da coleta de volumosos da Prefeitura. Foto: Ascom Sudes

Já Valdete Passos, moradora do Vale do Reginaldo há 10 anos, sempre jogou o lixo seguindo os horários de coleta, mas não tinha conhecimento do serviço da coleta de volumosos.

“Recentemente mesmo eu me desfiz de muitos móveis que estavam sem uso e tive muita dificuldade, pois precisava pagar a alguém para levar. É muito bacana saber que a Prefeitura recolhe esses móveis e dá uma finalidade a eles”, concluiu.

Ao todo, mais de 2 mil maceioenses foram beneficiados. Foto: Ascom Sudes
Ao todo, mais de 2 mil maceioenses foram beneficiados. Foto: Ascom Sudes

Fale com a Sudes

A população também pode ajudar denunciando. Ao flagrar um descarte inadequado, o cidadão deve entrar em contato com o órgão enviando fotos e vídeos do flagrante, além do endereço completo. Caso seja constatada a infração, o autor pode ser multado.

A Central de Monitoramento da Sudes atende através do 0800 082 2600, pelo número 156 ou no WhatsApp (82) 98802-4834.