24 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

“Dinastia” em Olho D’água Grande faz justiça impugnar candidatura de Suzy Higino

Ela e o marido, Arnaldo Higino, revezam desde 2004 as prefeituras de Campo Grande e Olho D’Água Grande

Suzy Higino, do Partido Progressistas, teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral, nesta sexta-feira (16) e não é mais candidata a prefeita na cidade de Olho D’água Grande, interior de Alagoas.

Segundo a justiça, a continuidade familiar no exercício do cargo de prefeito por quase 16 (dezesseis) anos ininterruptos, foi o que pesou contra a ex-prefeita.

A Constituição Federal não permite uma troca de bastão entre familiares para que a cidade fosse comandada pela mesma família. E na dinastia dos Higino, há um revezamento nas prefeituras de Campo Grande e Olho D’Água Grande, desde 2004.

E como o núcleo familiar compartilha da impossibilidade de se reeleger para o mesmo cargo de prefeito por infindáveis e ininterruptas vezes, sua filha, Anny Higino, vice na chapa, também teve seu registro indeferido.

“Os genitores da impugnada, de forma ininterrupta e alternada, exerceram o cargo de Prefeito dos referidos municípios, por quatro mandatos consecutivos, pretendendo-se atualmente alcançar o quinto mandato consecutivo para o mesmo cargo, uma vez que Maria Suzanice Higino Bahe e Anny Laira Bahe Higino Lessa são candidatas aos cargos de prefeita e vice-prefeita do Município de Olho D’água Grande/AL, respectivamente, nas eleições deste ano”. Decisão da Justiça.

Caso de família

Em novembro de 2017, Arnaldo Higino foi preso em flagrante, sendo flagrado em vídeo contando dinheiro vindo de uma propina. No vídeo era possível ver o prefeito contar as cédulas e moedas da propina, além de checar o valor exato do valor através de comprovantes bancários, que é de R$ 1.871,00.

Afastado, ele determinou ao prefeito em exercício, Igor Higino, que é seu filho, que suspendesse o repasse do duodécimo da Câmara de Vereadores, gerando mais uma crise entre o Legislativo e o Executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.