27 de fevereiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Em janeiro prepare o bolso: Planos de saúde vão aumentar seus preços

Idec foi à justiça contra o aumento, mas juiz mandou o instituto procurar um lavado de roupa

Planos de saúde vão reajustar os valores

Se há uma coisa que vai se tornando impraticável para a classe média brasileira são os valores sobrados por Planos de Saúde.

Basta perceber que numa família de 4 pessoas, pais chegando aos 60 e filhos entre os 25 e 30 anos, os valores cobrados pela Unimed, por exemplo, são acima de R$ 4,5 mil mensais.

Pois é. O viés do “estado mínimo” defendido – e cantado em verso e prosa – por grande parte da sociedade gera esse desconforto, principalmente em um País de quase 15 milhões de desempregados.

Agora quer saber o pior de tudo?

Pois bem os Planos de Saúde vão reajustar seus preços a partir deste janeiro que está chegando. Portanto, 2021 começa de prima com uma tacada no bolso, sem choro nem vela. O reajuste, na ordem de 10%, tem como base uma recomposição de valores em função da pandemia.

Bem pior ainda é que não adianta reclamar.

É duro saber que o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) foi à justiça federal para suspender os reajustes dos preços dos planos, nesse atual momento da vida brasileira, e o juiz responsável praticamente mandou o Idec procurar um lavado de roupa.

Portanto, prepare o bolso.

A conta vem alta, quando janeiro chegar.